.
 

Tratamento de obesidade na gestação Craíbas AL

Encontre tratamento de obesidade na gestação em Craíbas. Conheça os profissionais especializados desta área em sua região, aproveite e leia nossos artigos com tutoriais, dicas e informações relevantes sobre este assunto.

Academia Corpo a Corpo
(82) 3320-6531
r 64 - Cj Castelo BRanco, 4 Jacintinho
Maceió, Alagoas

Dados Divulgados por
ACADEMIA PHYSICAL TRAINING
(0XX82) 33269944
RUA DESEMBARGADOR TENÓRIO, 226, FAROL
MACEIO, Alagoas
 
Academia Alfa
(82) 3241-3626
r Maj Vicente Sabino, 172 Farol
Maceió, Alagoas

Dados Divulgados por
Academia Ativa
(82) 3371-9286
av Muniz Falcão, 105 D Barro Duro
Maceió, Alagoas

Dados Divulgados por
Academia Celos
(82) 8849-8360
Av. Monte Castelo, N° 477 Vergel
Maceió, Alagoas
 
Academia Cena
(82) 3241-1886
r roberto Simonsen, 435 Gruta de Lourdes
Maceió, Alagoas

Dados Divulgados por
Academia Aquatica
(82) 3231-8908
r Pref Abdon Arroxelas, 382 Ponta Verde
Maceió, Alagoas

Dados Divulgados por
Academia Ativação
(82) 3032-1108
av Menino Marcelo, 7590 A
Maceió, Alagoas

Dados Divulgados por
Athletic Way Com de Equip para Ginástica e Fisiot Ltda
(82) 3328-9607
av Fernandes Lima, 3700 lj B270 Gruta de Lourdes
Maceió, Alagoas

Dados Divulgados por
Suênia Personal Trainer
(82) 9664-0951
Sebastião Ribeiro Barbosa 88 sta Esmeralda
Arapiraca, Alagoas
 
Dados Divulgados por

Tratamento de obesidade na gestação

Fornecido por: 

Estudo britânico indica que mulheres obesas em período de gravidez têm maior risco de desenvolverem pré-eclâmpsia. A pré-eclâmpsia ocorre devido à elevação da pressão arterial da mãe que passa a eliminar proteína do corpo.

Especialistas do Kings College, em Londres, analisaram dados sobre a primeira gestação de 385 mulheres obesas e colheram amostras de sangue de 208 delas para análises. A entidade ressalta que estudos anteriores já apontaram vínculos entre obesidade durante a gravidez e riscos maiores de complicações.

As revelações da pesquisa foram surpreendentes até para os próprios médicos; o estudo indicou que as mulheres obesas têm duas vezes mais chances de terem bebês com peso abaixo da média. Ou seja, um total de 18,8% dos bebês das mulheres obesas pesava menos do que 2,5 kg ao nascer.

Os índices também apontam que a incidência de pré-eclâmpsia foi mais alta entre as mulheres obesas, com 11,7% desenvolvendo a condição em sua primeira gravidez - em contraste com 6% na população obesa na segunda ou após várias gestações e apenas 2% na população de peso saudável.

A pré-eclampsia é uma complicação séria durante a gravidez que, em casos extremos, pode levar à morte da mãe e do feto. Mesmo após o estudo, os médicos não têm certeza sobre as razões do aumento da incidência de pré-eclâmpsia em mulheres obesas, contudo eles acreditam que ela esteja ligada à resistência à insulina.


Autor: Redação
Fonte: E-familynet/Globo.com


Clique aqui para ler este artigo na SIS.Saúde

.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - Rua Cel. Corte Real, 75 - Bairro Petrópolis - 90630-080 Porto Alegre-RS
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: contato@sissaude.com.br. (51) 8575.3535