.
 

Tratamento Psicológico Rio Branco, Acre

Encontre tratamento psicológico em Rio Branco. Conheça os profissionais especializados desta área em sua região, aproveite e leia nossos artigos com tutoriais, dicas e informações relevantes sobre este assunto.

Débora Cristina dos Santos
(68) 3226-1347
r Rio de Janeiro 1124, Abrahão Alab
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
Fabiana Pescador
(68) 3223-7915
av Brasil 303 - 7 s 702, Centro
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
Débora Cristina dos Santos
(68) 3226-1347
r Rio de Janeiro 1124, Abrahão Alab
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
DR Deusmar Singui Fl
(68) 224-5644
av Brasil, 303, sl 207 an 2, Base
Rio Branco, Acre
 
Gisela da Costa Mascarenhas
(68) 224-9389
r Grêmio Atlético Sampaio, 67, José Augusto
Rio Branco, Acre
 
Carolina Sátiro Macêdo
(68) 9207-0018
r Copacabana, 148 s 203 Cj Village, Centro
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
Carolina Sátiro Macêdo
(68) 9207-0018
r Copacabana, 148 s 203 Cj Village, Centro
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
Fabiana Pescador
(68) 3223-7915
av Brasil 303 - 7 s 702, Centro
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
DR Savio Costa Psiquiatra
(68) 223-7207
r Guiomard Santos, 310, Bosque
Rio Branco, Acre
 
Clinorl Clínica de Otorrinolaringologia
(68) 224-0828
av Getulio Vargas, 1729, Centro
Rio Branco, Acre
 
Dados Divulgados por

Tratamento Psicológico

Fornecido por: 

Ter o carro e não usá-lo. Ou então nem chegar perto de comprar um, mesmo tendo condições financeiras para tal. Isso, claro, pode ser uma opção pelo ecológico (privilegiar o transporte público realmente é uma ótima ideia) ou então a doce sensação do status ao afirmar que “só anda de táxi” (e é uma pena que eles não sejam amarelos e charmosos como em Nova York).

Mas se você sente um certo temor, percebe um suor brotanto na palma das mãos, um frio na espinha ou aquelas tremedeira nas pernas, você, no íntimo, sabe: é fobia View definition in a new window de dirigir. Mas isso só acontece com pessoas que sofreram um acidente e desenvolveram um estresse pós-traumático, certo? Erradíssimo. Em praticamente 97% dos casos de fobia View definition in a new window de dirigir as pessoas sequer passaram perto de algo perigoso. No máximo uma raspadela no portão.

“A grande maioria das pessoas que atendemos, e que possuem fobia View definition in a new window de dirigir, ou nunca tentou dirigir ou desistiu após algumas tentativas”, afirma Cláudia Ballestero, psicóloga clínica, presidente da Associação dos Portadores de Transtorno de Ansiedade (Aporta) e que também coordena e supervisiona uma clínica especializada em fobias para dirigir. “Claro que temos casos daqueles que passaram por algum episódio traumático, mas eles são excessão, ao contrário do que as pessoas normalmente acreditam.”

A especialista lembra que a principal diferença entre medo e fobia View definition in a new window de dirigir é a sensação paralizante enfrentada pelos fóbicos. “Quem tem medo pode ficar nervoso. Já a fobia View definition in a new window é impeditiva, deixa a pessoa em uma situação de paralizia, congelada. Quem tem fobia View definition in a new window de dirigir tem problemas até mesmo de entrar no carro”, explica Cláudia.

Perfeccionistas são as grandes vítimas

A principal característica observada nessas pessoas que não chegam nem perto do carro, por uma questão fóbica, é o perfeccionismo. “O que mais ouvimos das pessoas com medo de dirigir é a afirmação ‘se é pra fazer mal feito, eu não faço’”, diz Cláudia.

Para a psicóloga o ato de dirigir é um aprendizado calcado no erro e que expõe demais as pessoas. Algumas, como aquelas com o perfil perfeccionista, não conseguem lidar com a crítica, de n...

Clique aqui para ler este artigo na SIS.Saúde

.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - Rua Cel. Corte Real, 75 - Bairro Petrópolis - 90630-080 Porto Alegre-RS
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: contato@sissaude.com.br. (51) 8575.3535