.
 

Saúde: Entenda a importância da prevenção Aquiraz CE

Identificar os sintomas de uma doença recente é fundamental para o sucesso do tratamento. Especialistas comentam a importância da prevenção de doenças. Saiba quais são os principais sinais de problemas físicos.

Jorge Luiz Nobre Rodrigues
3264-2523
R Barbosa de Freitas 1950
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Infectologia

Dados Divulgados por
Francisco Lacerda da S C Fh
3261-1631
R Tiburcio Cavalcante 1847
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Infectologia

Dados Divulgados por
Antonio Afonso Bezerra Lima
3304-7474
Av Treze de Maio 1189
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Infectologia

Dados Divulgados por
Erico Gomes de Oliveira
3253-1353
R Rodrigues Junior 1310
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Infectologia

Dados Divulgados por
Celia Maria Fiuza de Albuquerque
3278-4789
R Senador Carlos Jereissati 834
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Infectologia

Dados Divulgados por
Terezinha do Menino Jesus Silva Leitão
Rua Barbosa de Freitas 1950
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Infectologia

Dados Divulgados por
Maria de Jesus Gomes
3287-2575
Av Bezerra de Menezes 2712
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Infectologia

Dados Divulgados por
Dionne Bezerra Rolim
3254-4220
R Ildefonso Albano 1481
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Infectologia

Dados Divulgados por
Roberta dos Santos Silva Luiz
3087-3896
R Antonio Augusto 1271
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Infectologia

Dados Divulgados por
Ana Maria de Oliveira
3224-1569
R Joaquim Nabuco 2672
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Infectologia

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Saúde: Entenda a importância da prevenção

Fornecido por: 



06/01/2010

O bem-estar vem do hábito

Prevenção. A palavra que fez a melhor parceria com a medicina nos últimos anos será a chave para ter saúde na próxima década

Prevenção. A palavra que fez a melhor parceria com a medicina nos últimos anos será a chave para ter saúde na próxima década. As novas tecnologias de diagnóstico, desde que acompanhadas de mudanças de hábito, poderão salvar mais vidas que qualquer medicamento a ser descoberto. "Para a próxima década, esperamos que avancem os estudos das vacinas contra hipertensão arterial e arteriosclerose", diz o médico Evandro Tinoco, diretor clínico do Hospital Pró-Cardíaco, no Rio de Janeiro. Enquanto nada disso está nas farmácias e clínicas, a recomendação é se antecipar aos problemas. "Com prevenção, pode-se até não adicionar anos à vida, mas sim mais vida aos anos", diz Haino Burmester, vice-presidente da Associação Brasileira de Medicina Preventiva.

De acordo com um estudo feito no ano passado pelo Ministério da Saúde, a prevenção ainda não faz parte da vida do brasileiro. A maioria diz desconhecer a relação entre seus hábitos e as doenças mais comuns. Mesmo quem sabe dos riscos não costuma seguir o manual da vida saudável, com suas três instruções básicas: comer menos gordura e mais fibras, não fumar e praticar alguma atividade física. São as prevenções primárias, que por si sós reduzem significativamente o risco de desenvolver câncer e as doenças coronarianas - que vão continuar fazendo vítimas em massa na próxima década.

A prevenção primária se baseia em dieta balanceada, atividade física e não fumar.

O passo além é entender o que o corpo diz

Uma vez incorporadas as regras da prevenção primária, é preciso prestar atenção ao que o corpo diz. Pequenas manchas na pele, mudança na rotina de urina ou fezes, falta de ar fora de hora são alguns dos sintomas que podem estar relacionados a doenças. No final do século passado, um achado da medicina foi estabelecer a relação entre o diâmetro abdominal e o aparecimento de problemas de saúde. Os médicos passaram a usar a fita métrica em volta da barriga para medir o risco de infarto, derrame e outras doenças.

Mesmo quando o corpo não diz nada por conta própria, é bom ouvi-lo. "Às vezes o corpo dá sinais de alerta, mas isso não é uma regra", diz o oncologista Amândio S...

Clique aqui para ler este artigo na SIS.Saúde

.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - Rua Cel. Corte Real, 75 - Bairro Petrópolis - 90630-080 Porto Alegre-RS
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: contato@sissaude.com.br. (51) 8575.3535