.
 

Saiba o que comer na praia Maracanaú, Ceará

Conheça as opções de petiscos nutritivos e pouco calóricos indicados para o consumo na praia. A nutricionista Amanda Epifânio comenta sobre os valores calóricos dos aperitivos preferidos dos banhistas. Leve opções que saciam a fome, promovem energia, hidratam e ajudam a manter a boa forma.

Manoel Sousa
(85) 223-2601
r Gilberto Câmara, 747, Vila Ellery
Fortaleza, Ceará
 
Gynart Academia de Ginástica Ltda
(85) 272-6328
vl Treze de Maio, 975, a, José Bonifacio
Fortaleza, Ceará
 
Athelie de Natação Aqua Ltda
(85) 265-5130
av Flamboyantes, 148, Papicu
Fortaleza, Ceará
 
Academia Espaço do Corpo Ltda
(85) 279-1332
av Ulisses Bezerra, 1580, a, Cidade Dos Funcionários
Fortaleza, Ceará
 
Academia Quatro Estilos
(85) 272-3923
r Lauro Maia, 1405, José Bonifacio
Fortaleza, Ceará
 
Colégio Spatium Studium
(85) 344-1329
r Cap José Teles, 1
Paracuru, Ceará
 
Centro Educacional Mundo do Saber
(88) 512-4490
r José Rodrigues, 270
Juazeiro do Norte, Ceará
 
Academia Ponto de Apoio
(85) 223-6748
r José Candido, 107, Monte Castelo
Fortaleza, Ceará
 
Pref Muncipal de Oros
(88) 734-1231
r Antônio Amaro Costa, 2, Orós
Oros, Ceará
 
Creche Comunitária Semente da Liberdade
(85) 294-0562
r Mest André, 155
Fortaleza, Ceará
 

Saiba o que comer na praia

Fornecido por: 



15/01/2010

Petiscos estão liberados na praia?

Veja as dicas da nutricionista!

Com a chegada do verão há uma busca desenfreada pelo corpo perfeito, principalmente entre os amantes das praias. As pessoas mais organizadas começam a se cuidar ainda no inverno e alcançam o peso ideal antes mesmo da chegada do verão. “Entretanto, tanto planejamento e esforço podem ir por água abaixo, se o consumo alimentar durante as férias não for adequado. Para evitar que isso aconteça, separamos algumas dicas para a manutenção do peso durante o descanso na praia”, afirma Amanda Epifânio, nutricionista do Citen, Centro Integrado de Terapia Nutricional.

Veja as dicas da nutricionista:

· Amendoim

O amendoim é um grão de elevado valor calórico, cada porção (1 colher de sopa cheia) contém cerca de 100 calorias. “Além disso, a forma mais comum de comercialização desse alimento é a salgada, o que pode aumentar o risco de desidratação - situação que pode se agravar quando há associação com o álcool. A melhor conduta é evitar o seu consumo na praia. De uma forma geral, não encontramos facilmente substitutos desse aperitivo nas praias, entretanto, os mais criativos e com disposição, podem elaborar seus próprios aperitivos e transportá-los para a praia. Uma idéia são palitos de cenoura e pepino”, recomenda Amanda Epifânio.

· Biscoito de polvilho

Os biscoitos de polvilho sempre estão nas recomendações de alimentos seguros para serem consumidos nas praias. Entretanto, esse é um alimento “super calórico”, um pacote de 100g contém 460 calorias, equivalente a um pastel de carne simples. Esse biscoito também é muito rico em sódio, cada pacote contém o equivalente a 1,5g de sal (1 pacotinho e meio). “Em ambientes praianos, a busca pela hidratação adequada deve ser a principal preocupação das pessoas, principalmente em famílias com filhos pequenos. Assim, as frutas passam a ser os alimentos mais indicados nessa situação, representam uma opção saudável e de baixo valor calórico, pois cada porção contém em média cerca de 60 calorias. Em algumas praias é possível encontrar frutas sendo comercializadas nos calçadões e/ou em barracas. Para quem não conta com esta infra-estrutura, o melhor é levar frutas de casa, preferencialmente armazenadas em recipientes térmicos”, recomenda a nutricionista do Citen.

· Milho verde com manteiga

O milho verde é uma das melhores opç&ot...

Clique aqui para ler este artigo na SIS.Saúde

.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - Rua Cel. Corte Real, 75 - Bairro Petrópolis - 90630-080 Porto Alegre-RS
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: contato@sissaude.com.br. (51) 8575.3535