.
 

Psicologia Infanto-Juvenil Laranjeiras SE

Esta página disponibiliza informações sobre a vulnerabilidade emocional dos adolescentes, a importância de os pais se informarem sobre a melhor forma de lidar com os filhos nesta fase da vida e uma lista de empresas e profissionais especializados no assun

Maria das Graças Andrade
(79) 3211-7243
Rua Pacatuba 254 s 401
Aracaju, Sergipe
Especialidade
Psicologia

Dados Divulgados por
Rosangela Maria Daveiro
(79) 3211-5334
Av Augusto Maynard 361
Aracaju, Sergipe
Especialidade
Psicologia

Dados Divulgados por
Claire M Pezzi
(79) 3246-1545
Av Anizio Azevedo 675 s 710
Aracaju, Sergipe
Especialidade
Psicologia

Dados Divulgados por
Laudceia Albino da Silva
(79) 3224-9474
Pc Tobias Barreto 510 s 1215
Aracaju, Sergipe
Especialidade
Psicologia

Dados Divulgados por
Ricardo A Barreto
(79) 3214-6906
Av Gonçalo Prado Rolemberg 211 s 606
Aracaju, Sergipe
Especialidade
Psicologia

Dados Divulgados por
Carlos Roberto Almeida Lima
(79) 3214-4836
Pc Tobias Barreto 510 s 306
Aracaju, Sergipe
Especialidade
Psicologia

Dados Divulgados por
Ricardo Azevedo Barreto
(79) 3214-6906
Av Gonçalo Prado Rolemberg 211 s 606
Aracaju, Sergipe
Especialidade
Psicologia

Dados Divulgados por
Lucy Mara Zanetti de Souza
(79) 3211-6819
Pc Tobias Barreto 510 s 916
Aracaju, Sergipe
Especialidade
Psicologia

Dados Divulgados por
Maria Socorro Silva Anjos
(79) 3214-3337
Av Gonçalo Prado Rolemberg 211 sl 403B
Aracaju, Sergipe
Especialidade
Psicologia

Dados Divulgados por
Rosauro Luna Torres
(79) 3214-1101
Pc Tobias Barreto 510 s 1103
Aracaju, Sergipe
Especialidade
Psicologia

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Adolescentes

Fornecido por: 

     
 
Como amá-los?

"... cabe aos pais, em primeiro lugar, esforçarem-se para manter uma relação aberta, espontânea, de confiança, da acolhida, de respeito e de alta tolerância com seu adolescente, sabendo que ele está atravessando uma fase de vida complicada e importantíssima para seu desenvolvimento futuro. “Há que se ser firme sem perder a doçura”. ????????? Ser autoridade é diferente de ser autoritário, como ser respeitado é diferente de ser temido. Do mesmo modo ser tolerante não significa ser venal, frouxo, inconsistente, bobo. (uma dessas???)" Ama-se aos filhos incondicionalmente, entretanto, muitas vezes, o amor ao filho adolescente passa por provações. Com alguma frequência se ouve a nomeação do adolescente como “aborrecente”. Essa é uma expressão no mínimo injusta, carregada de preconceitos e advinda de um sistema de referência restrito e rígido do adulto. Aborrecidos talvez sejam as pessoas crescidas que nomeiam, dessa forma, o ser humano na adolescência.

A adolescência se caracteriza pela instabilidade emocional, observada como altos e baixos no humor, pela consequente imprevisibilidade de reação, pela tendência à desobediência, manifesta pelo negativismo, pela oposição às autoridades instituídas. Tudo isso significa normalidade, significa padrão desejável de conduta. Para transformar-se em uma pessoa, o adolescente precisa psicologicamente se afastar do mundo dos pais, deixar de ser o bebê da mamãe e o filhinho do papai. A autonomia e a independência precisam ser conquistadas e, na maioria dos casos, isso se processa via confronto. Tem-se, por conseguinte, o “rebelde sem causa”, no qual o confronto é que verdadeiramente importa.

Cumpre assim, sempre ouvir o adolescente, pois ele precisa de um interlocutor atento, verdadeiramente interessado e paciente. É nas suas argumentações e contra-argumentações, nas suas réplicas e tréplicas, que o adolescente consegue ir estruturando seus próprios pontos de vista, às vezes semelhantes aos dos pais, às vezes opostos. São esses pontos de vista que mais tarde se transformam em valores e princípios próprios.

Forma de colocar limite varia com a idade

Limites são sempre necessários, seja na infância, seja na adolescência e, muitas vezes, mesmo na vida adulta, quando filhos ainda moram na casa dos pais. Porém, a forma de se colocar esses limites precisa ser diferente em cada idade. Verifico que com as crianças, mesmo com as bem pequenas, os pais costumam...

Clique aqui para ler este artigo em SIS Saude

.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - Rua Cel. Corte Real, 75 - Bairro Petrópolis - 90630-080 Porto Alegre-RS
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: contato@sissaude.com.br. (51) 8575.3535