.
 

Prevenindo o câncer de pele Barbalha CE

Saiba como evitar o desenvolvimento do câncer de pele. O dermatologista Maurício Sato orienta como se proteger dos raios solares, mesmo durante o inverno. "É importante que as pessoas também protejam os lábios, a orelha, nuca, couro cabeludo e a ponta do nariz", ele recomenda.

Manoel Raimundo de Santana Neto
Rua Padre Cicero 211
Juazeiro Do Norte, Ceará
Especialidade
Dermatologia

Dados Divulgados por
Benjamim Bezerra Ribeiro
Rua Pe. Cicero 825
Juazeiro Do Norte, Ceará
Especialidade
Dermatologia

Dados Divulgados por
Lisiene Siebra de Deus Albuquerque
Rua Tristao Goncalves 536
Crato, Ceará
Especialidade
Dermatologia

Dados Divulgados por
Silvana Oliveira
(85) 3243-2632
Rua Professor Nogueira 250
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Dermatologia

Dados Divulgados por
Francisco Antonio T Ribeiro Ramos
John Sanford 2701
Sobral, Ceará
Especialidade
Dermatologia

Dados Divulgados por
Valdizar Grangeiro Agra Junior
Av Agenor Araujo 1194
Juazeiro Do Norte, Ceará
Especialidade
Dermatologia

Dados Divulgados por
Lisiene Siebra de Deus Albuquerque
Rua Tristao Goncalves 536
Crato, Ceará
Especialidade
Dermatologia

Dados Divulgados por
Sunny Martins Carvalho
3248-7804
Av Dom Luis 1233
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Dermatologia

Dados Divulgados por
Tereza Elizabeth F Meireles
3458-2128
Av Dom Luis 500
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Dermatologia

Dados Divulgados por
Benjamim Bezerra Ribeiro
Rua Pe. Cicero 825
Juazeiro Do Norte, Ceará
Especialidade
Dermatologia

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Prevenindo o câncer de pele

Fornecido por: 



04/06/2009

Inverno: a pele requer cuidados especiais também no frio

Uso do protetor solar ajuda a prevenir o câncer de pele e envelhecimento precoce

Muitas pessoas pensam que não é preciso proteger a pele em épocas de baixas temperaturas. Esquecem o protetor solar, deixam a limpeza de pele de lado e quando percebem estão com algum problema típico, como o envelhecimento precoce. “O uso de filtro solar é importante não somente para prevenir o envelhecimento, mas também para diminuir a incidência de cânceres de pele”, alerta o dermatologista do Hospital Nossa Senhora das Graças, Dr. Maurício Sato. “A incidência de raios ultravioleta do tipo A é constante no ano todo e essa radiação promove reações nas células da pele que podem ocasionar o aparecimento de lesões pré-cancerosas”, explica.

O câncer de pele é o tipo mais comum de neoplasia no Brasil. Para esse ano, o Instituto Nacional do Câncer – INCA – estima que surjam mais de 100 mil novos casos da doença. Já os cânceres do tipo melanoma, considerados mais agressivos e com alta taxa de mortalidade, felizmente, são de baixa incidência, cerca de 5 mil casos por ano. Porém, mais da metade dos casos são previstos na região sul do país. “O melanoma é o mais maligno dos tumores de pele e ocorre geralmente em pessoas entre 30 e 60 anos. Em geral, é o câncer de pele que tem aparência de uma pinta escura, bordas irregulares, cores variadas e é assimétrico. Logo, qualquer pinta que mudou de característica, como tamanho, cor e dificuldade de cicatrização, deve ser suspeita e avaliada por um dermatologista”, ressalta.

Já os cânceres de pele não-melanoma são considerados menos agressivos e de fácil tratamento, se diagnosticados precocemente. Os sintomas costumam ser pequenas saliências na pele ou nódulos e, geralmente, aparecem no rosto, tronco e extremidades do corpo. “O tipo de tratamento varia de acordo com o estágio de evolução do câncer. Em casos iniciais, o uso de crioterapia (spray de gelo), cauterizações e curetagens, terapia a base de luz ou até mesmo de pomadas específicas podem curar essas lesões. Para lesões maiores, o tratamento é a cirurgia”, esclarece o dermatologista.

De acordo com o cancerologista do Hospital Nossa Senhora das Graças, Calixto Antonio Hakin Neto, mesmo durante o inverno as pessoas devem utilizar filtro solar com o fator de proteção acima de 30 e evitar se expor ao sol entre 9h e 16h. “A grande exposição ao sol não é indicada, pois c...

Clique aqui para ler este artigo na SIS.Saúde

.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - Rua Cel. Corte Real, 75 - Bairro Petrópolis - 90630-080 Porto Alegre-RS
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: contato@sissaude.com.br. (51) 8575.3535