.
 

Médicos - Hipertensão Arterial Anápolis, Goiás

Encontre médicos - hipertensão arterial em Anápolis. Conheça os profissionais especializados desta área em sua região, aproveite e leia nossos artigos com tutoriais, dicas e informações relevantes sobre este assunto.

Marco Aurelio Borges Barbosa
(62) 3311-9900
Av. Visconde de Taunay 134
Anapolis, Goiás
Especialidade
Medicina de Urgência

Dados Divulgados por
Jose Antonio Cesar da Silva
(62) 3281-2900
Al Cel Eugenio Jardim 30 - Cen Med Excelsior
Goiania, Goiás
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Riolab Laboratório
Rua Afonso Ferreira 48
Rio Verde, Goiás
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Lourenca de Oliveira F N Obeid
(62) 3229-0550
Av Doutor Ismerino Soares de Carvalho 1 - Hospital Cemep
Goiania, Goiás
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Daniel do Prado F Junior
(62) 3541-6022
R 122 - 185 Medicina Estetica
Goiania, Goiás
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Alina Erkai Torres Pimenta
(62) 3259-1004
R C 0264 - Qd 616 Lt 02
Goiania, Goiás
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Siderley de Souza Carneiro
(62) 3237-1700
Goiania, Goiás
Especialidade
Patologia

Dados Divulgados por
Eliane Duarte Mota
(62) 3212-7333
R 39 - 181 Hosp Araujo Jorge
Goiania, Goiás
Especialidade
Patologia

Dados Divulgados por
Marisa Dell Eugenio Costa
(62) 3941-8484
R Dr Olinto Manso Pereira 51 - Scientia Med Lab
Goiania, Goiás
Especialidade
Patologia

Dados Divulgados por
Mariella Saponara Vianna
(62) 3212-5207
R 9 - Horario Marcado
Goiania, Goiás
Especialidade
Patologia

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Médicos - Hipertensão Arterial

Fornecido por: 

Infartos lacunares silenciosos, ou seja, uma espécie de AVC que parece não deixar nenhum sintoma visível, mas que pode causar algum dano ao cérebro, são muito comuns em pessoas com mais de 60 anos, especialmente aquelas com problemas de pressão alta. É o que indica estudo publicado em julho passado no periódico Neurology, da Academia Americana de Neurologia.

Esse tipo de AVC não é exatamanente silencioso, diz Perminder Sachdev, da Universidade de New South Wales, na Austrália. De acordo com o pesquisador, esse tipo de problema pode ser evidenciado através de falhas na memória ou outras dificuldades ligadas à linha de raciocínio e se constituem em uma possível causa de demência. A pressão alta, continua Sachdev, é uma condição de fácil tratamento e deve haver um trabalho de prevenção nessa área para diminuir a incidência de doenças vasculares.

O estudo pesquisou 477 pessoas com idade entre 60 e 64 anos que foram acompanhadas por 4 anos. No início do estudo 7.8% dos paticipantes sofreram infartos lacunares silenciosos, e pequenas áreas danificadas do cérebro ficaram visíveis por meio de exames de ressonância magnética, mas nunca causaram nenhum sintoma visível. Ao final de 4 anos de acompanhamento, esse número aumentou para 8,4%. Os pesquisadores identificaram que pessoas com pressão alta tinham 60% mais chances de sofrer AVCs silenciosos. Pessoas com algum tipo de dano cerebral ligado aos chamados “hipersinais em substância branca” (disfunções na massa interna do cérebro e que são visíveis no exame de ressonância magnética) também se mostraram cinco vezes mais propensão aos infartos lacunares silenciosos.

.


Autor: Imprensa
Fonte: O que eu tenho? com informações da University of New South Wales


Clique aqui para ler este artigo na SIS.Saúde

.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - Rua Cel. Corte Real, 75 - Bairro Petrópolis - 90630-080 Porto Alegre-RS
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: contato@sissaude.com.br. (51) 8575.3535