.
 

Laboratórios Águas Lindas de Goiás, Goiás

Encontre laboratórios em Águas Lindas de Goiás. Conheça os profissionais especializados desta área em sua região, aproveite e leia nossos artigos com tutoriais, dicas e informações relevantes sobre este assunto.

Leonardo Vieira Fernandes
Dr. Willian Faiad 19
Catalao, Goiás
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Joubert Borges de Almeida
(64) 3431-7800
R Paranaiba 937
Itumbiara, Goiás
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Marcos Antonio Ribeiro
(62) 3285-7333
Alameda das Rosas 1429
Goiania, Goiás
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Liomar Luiz de Miranda
Pc. da Bandeira 335
Itumbiara, Goiás
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Antonio Jacome Neto
(62) 3441-2000
R Madre Esperança Garrido 63
Catalao, Goiás
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Willian Borges de Menezes
(62) 3261-4711
R 2 6 - das 16H Ate 19H
Goiania, Goiás
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Udirse Rodrigues do Nascimento
(62) 3224-5276
R 3 211 - Policlinica Sao Luiz
Goiania, Goiás
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Devair Priotto
(62) 3248-2232
R Gurupi 5 - a 8 0 Hosp Sao Bernardo
Aparecida de Goiania, Goiás
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Maria Angelica Pinheiro Moura Carvalho
(62) 3274-4444
R 12 - 47
Goiania, Goiás
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Walter Pereira de Castro
(62) 3212-9000
R 0068 - 377
Goiania, Goiás
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Laboratórios

Fornecido por: 

O Instituto Fernandes Figueira, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), desenvolveu uma metodologia para a elaboração de diagnóstico da síndrome de autismo por meio de exames laboratoriais com aparelhos de eletroencefalograma computadorizado.

Já utilizado no diagnóstico de outras síndromes, o exame amplia e mede as correntes eletromagnéticas no cérebro em diversas freqüências (de 3 a 27 hertz) e permite verificar as ligações entre os grupos de neurônios. Segundo os pesquisadores da Fiocruz, as vantagens do exame são custo acessível e disponibilidade da tecnologia em vários hospitais e postos de saúde no Brasil.

Hemisfério cerebral direito

De acordo com o coordenador da pesquisa, o neurologista infantil Adaílton Tadeu Alves de Ponte, a análise de dados já permitiu verificar que as respostas no hemisfério cerebral direito têm uma amplitude menor que o esquerdo, ou seja, "há uma deficiência de ativação do hemisfério direito em relação ao hemisfério esquerdo, quando se compara com as crianças que não apresentam o mesmo problema".

Segundo o médico, o hemisfério direito está associado às funções socioafetivas, emocionais, de empatia e de percepção do contexto e compreensão social, enquanto o hemisfério esquerdo é mais envolvido com o cálculo e o raciocínio.

Estimativas internacionais mostram que a ocorrência da síndrome pode ser de uma em cada 500 crianças até uma em cada mil crianças. O autismo tem uma incidência maior sobre meninos - 70% das pessoas com autismo são do sexo masculino.

Causas do autismo

Adaílton Tadeu explica que a ciência ainda não sabe porque ocorre o autismo. O grupo de pesquisa trabalha com a hipótese de que é um fenômeno de causa genética, associada a mecanismos alérgicos não identificados e desenvolvidos ainda no útero, durante a gestação. Esses processos desencadeiam inflamação que altera o desenvolvimento do cérebro e as ligações no hemisfério direito.

A síndrome do autismo foi descoberta simultaneamente, na década de 1940, por dois médicos de origem austríaca, que trabalhavam separadamente: Leo Kanner, erradicado nos Estados Unidos, e Hans Asperger, que permaneceu na Europa durante o período da Segunda Guerra Mundial. A palavra autismo foi criada pelo psiquiatra suíço Paul...

Clique aqui para ler este artigo na SIS.Saúde

.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - Rua Cel. Corte Real, 75 - Bairro Petrópolis - 90630-080 Porto Alegre-RS
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: contato@sissaude.com.br. (51) 8575.3535