.
 

Identifique os sintomas da oitite Caririaçu CE

Conheça os sintomas da oitite. O otorrinolaringologista Carlos Augusto Seiji Maeda ensina como prevenir o problema. "A otite externa é a inflamação ou infecção do conduto auditivo, também chamado de ouvido externo", define o autor.

Raimundo Tarcisio Pierre
Rua Senador Pompeu 452
Crato, Ceará
Especialidade
Otorrinolaringologia

Dados Divulgados por
Raquel Cavalcante de Oliveira
3254-7222
R J. da Penha 720
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Otorrinolaringologia

Dados Divulgados por
Tatiana Granzotto Miranda
R Barbara de Alencar 1435
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Otorrinolaringologia

Dados Divulgados por
Zulmira Claudia Cunha Frota
3279-5059
R Pedro Firmeza 712
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Otorrinolaringologia

Dados Divulgados por
Jorge Henrique Arraes A Pierre
Senador Pompeu 458
Crato, Ceará
Especialidade
Otorrinolaringologia

Dados Divulgados por
Jorge Henrique Arraes A Pierre
Senador Pompeu 458
Crato, Ceará
Especialidade
Otorrinolaringologia

Dados Divulgados por
Rodolfo Borsaro B Jorge
4009-3376
R Araken Silva 236
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Otorrinolaringologia

Dados Divulgados por
Francisco Vinicio Barroso
Rua Corina Dantas 54
Sobral, Ceará
Especialidade
Otorrinolaringologia

Dados Divulgados por
Synara Franklin de Castro
3226-6688
R Antonio Augusto 1271
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Otorrinolaringologia

Dados Divulgados por
Veridiana de Sa B Brasileiro
3242-2057
Av Dom Luis 1233
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Otorrinolaringologia

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Identifique os sintomas da oitite

Fornecido por: 



01/12/2009

Cuide de seu ouvido!

Otite é queixa comum para quem toma banhos de piscina e mar

Altas temperaturas, maior frequencia em piscinas e praias e falta de alimentação e hidratação adequados faz com que o verão propicie uma série de doenças típicas, como por exemplo, a otite externa – também conhecida como otite do nadador ou otite de praia. No período de calor a otite é queixa mais comum nos consultórios de otorrinolaringologistas.

A otite externa é a inflamação ou infecção do conduto auditivo, também chamado de ouvido externo. “Por ser quente, úmido e escuro, o canal auditivo se inflama com facilidade e infecções causadas por fungos e bactérias, como a otite, ocorrem”, explica o otorrinolaringologista do Hospital Nossa Senhora das Graças, Dr. Carlos Augusto Seiji Maeda.

A otite externa ocorre pelo contato do ouvido com a água, durante a natação ou banhos em praias, piscinas ou rios, aliados as altas temperaturas. A manipulação de objetos no ouvido ou ainda doenças do ouvido médio também podem causar a infecção. De acordo com o Dr. Maeda, o paciente tem a sensação de água no ouvido, coceira, se queixa de dor e, às vezes, da saída de secreção pelo conduto auditivo. Para a prevenção, Dr. Maeda recomenda cuidados para não molhar o ouvido. Durante a natação podem-se usar protetores auriculares. O médico orienta que deve-se evitar manipular os ouvidos com hastes flexíveis com ponta de algodão ou outros objetos.

O diagnóstico da otite é feita por meio de uma história clínica e de um exame otorrinolaringológico completo. “No exame observamos o inchaço do ouvido, hiperemia (aumento da vermelhidão) e secreção em quantidade e graus variados”, comenta Dr. Maeda. Geralmente, o tratamento é medicamentoso e recomenda-se que, nesse período, o paciente evite o contato da água no ouvido.

Prevenção

Para evitar o problema, Dr. Maeda aconselha:

- Sempre secar bem os ouvidos com uma toalha, após nadar ou mergulhar;

- Evitar entrar em mares e rios sujos ou poluídos;

- Se sentir água no ouvido deve-se inclinar a cabeça para ambos os lados para que o líquido escorra e

- Não usar hastes flexíveis com ponta de algodão dentro do conduto auditivo.


Autor: Imprensa
Fonte: Expressa Comunicação


Clique aqui para ler este artigo na SIS.Saúde

.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - Rua Cel. Corte Real, 75 - Bairro Petrópolis - 90630-080 Porto Alegre-RS
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: contato@sissaude.com.br. (51) 8575.3535