.
 

Identificando alergias e infecções respiratórias Corumbá, Mato Grosso do Sul

Saiba como identificar o desenvolvimento de infecções respiratórias. O autor descreve os sintomas das doenças mais comuns durante o inverno. Ele comenta como é feito o diagnóstico e tratamento dessas doenças.

Ana Maria Campos Marques
(67) 3324-0908
Rua Rui Barbosa 4018
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
Especialidade
Pneumologia

Dados Divulgados por
Roni Marques
3324-0908
Rua Rui Barbosa 4018
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
Especialidade
Pneumologia

Dados Divulgados por
Jayme Vieira de Resente Fl DR
(67) 231-4530
r Cuiabá, 938, Centro
Corumbá, Mato Grosso do Sul
 
Star Motos
(67) 231-9292
r Albuquerque, 1019
Corumbá, Mato Grosso do Sul
 
Benedito Gc Orro
(67) 231-4080
r Delamare, 1596, Dom Bosco
Corumbá, Mato Grosso do Sul
 
Ana Lucia Kiyomi Shimabuko Dobashi
(67) 3384-6194
Av. Mato Grosso 2209
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
Especialidade
Pneumologia

Dados Divulgados por
Douglas Henry Borges
(67) 3521-1919
R Paranaíba 1175
Tres Lagoas, Mato Grosso do Sul
Especialidade
Pneumologia

Dados Divulgados por
José Go Alves
(67) 231-1904
r 7 S Corumba, 882
Corumbá, Mato Grosso do Sul
 
Corumbaense Futebol Clube
(67) 231-3298
r General Rondon, 1338, Centro
Corumbá, Mato Grosso do Sul
 
João P Cavassa
(67) 231-8594
r 15 de Novembro, 246
Corumbá, Mato Grosso do Sul
 
Dados Divulgados por

Identificando alergias e infecções respiratórias

Fornecido por: 



29/04/2009

Frio a vista? Sinal de alergias e infecções

Além das alergias, as conjuntivites também costumam aparecer mais frequentemente nesta época

Espirros, coceira e mal-estar são apenas alguns incômodos para quem sofre de alergias. Nesta época do ano, alergias como rinite e sinusite são mais comuns e estão entre as queixas mais frequentes nos consultórios dos otorrinolaringologistas. “O processo inflamatório causado pelo vírus somando às bactérias que já estão no nosso corpo acabam fazendo com que o alérgico tenha uma crise”, considera a otorrinolaringologista do Hospital Iguaçu, Dra. Rita de Cássia Casou.

Existem alergias desencadeadas pelas mais diferentes causas como, por exemplo, fumaça de cigarro, ácaros, pêlos, ovo, pó, entre outros. Segundo o otorrinolaringologista do Hospital Iguaçu, Dr. Maurício Buschle, a alergia é uma resposta exagerada do sistema imunológico a uma substância estranha. “Os alérgicos possuem um gene que atua de forma errada. Quando a pessoa entra em contato com determinada substância esse gene produz anticorpos que irão produzir os espirros, coceiras e outras reações”, explica.

A mais comum destas alergias é a rinite, cujos sintomas são a coriza, coceira nasal, obstrução nasal e espirro. “A rinite é um processo inflamatório nas fossas nasais que, se mal tratada, ocasiona a sinusite, que é a inflamação dos seios paranasais (da face) depois de uma obstrução nasal”, esclarece Dr. Maurício Buschle.

Além de cuidar da própria saúde, os adultos devem redobrar os cuidados com as crianças durante os dias de frio e inversão térmica. É importante prestar atenção se o resfriado já dura mais de uma semana, se apresenta secreções esverdeadas, se a tosse é persistente e se há dor de cabeça, que podem ser sintomas de sinusite. “A doença também costuma prejudicar a respiração noturna, fazendo com que a pessoa durma de boca aberta", ressalta o médico.

Em alguns casos, a sinusite pode ocorrer por um defeito no septo nasal. “Quando o septo é torto, a sinusite é curada apenas por cirurgia, chamada septoplastia”, aponta Dr. Maurício Buschle.

Diagnóstico e tratamento

A rinite é descoberta através de teste laboratorial de sangue ou de pele. No teste da pele são pingadas substâncias e uma esfoliação é feita para avaliar a reação. Para detectar a que substâncias a pessoa é alérgica, deve-se fazer os chamados testes al&ea...

Clique aqui para ler este artigo na SIS.Saúde

.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - Rua Cel. Corte Real, 75 - Bairro Petrópolis - 90630-080 Porto Alegre-RS
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: contato@sissaude.com.br. (51) 8575.3535