.
 

Examinando os tipos de trombose Aldeias Altas MA

Conheça as causas e os tipos de trombose. O autor descreve os sintomas da doença. Entenda os fatores de risco e as formas de prevenir o seu desenvolvimento.

Cardiodiagnóstico Ltda
(55) 223-7300
av Presidente Vargas, 2291, Patronato
Santa Maria, Rio Grande do Sul
 
José Davidoff
(45) 277-2267
r Guarani, 1461, sl 202, Centro
Toledo, Paraná
 
Aston M Silva Jr
(67) 321-3408
r Eduardo Santos Pereira, 85, Centro
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
 
Carlos AL Rech
(51) 715-1458
r Fernando Abott, 270, sl 303, Centro
Santa Cruz do Sul, Rio Grande do Sul
 
Sancor Serv Cardiologia ST Casa
(65) 624-4466
r Joaquim Murtinho, 551, Centro
Cuiabá, Mato Grosso
 
Clínica DR Pedro Devito Neto
(17) 522-8188
r Belém, 656, Centro
Catanduva, São Paulo
 
Celso A Tafuri
(313) 241-1934
r Conego Vieira, 587, sl 1509, Santa Cruz
Belo Horizonte, Minas Gerais
 
Rogerio Carlessi
(48) 433-6477
r Deputado Antônio Guglielmi Sobr, 15, Cruzeiro Do Sul
Criciúma, Santa Catarina
 
José Ra Madureira
(41) 324-8113
r Buenos Aires, 444, bl 13 a ap 131, Batel
Curitiba, Paraná
 
Clínica Cardiológica da Pituba
(71) 240-8194
av Manoel Dias da Silva, 936, sl 203, Pituba
Salvador, Bahia
 

Examinando os tipos de trombose

Fornecido por: 



05/11/2009

Tipos de trombose, sintomas e causas

Utilize seu conhecimento a seu favor!

A trombose (Do gr. e lat. "thrombosis") consiste na formação de um ou de vários coágulos sanguíneos que acabam por afetar e comprometer a integridade do sistema circulatório. Tal afecção (doença) acomete, mais comumente, os vasos sanguíneos - as veias -; mas pode também afetar, no decorrer de certas doenças vasculares, as cavidades cardíacas.

A trombose venosa, cuja localização é variável, traduz-se por flebite, no entanto é mais comum afetar os membros inferiores. As complicações mais preocupantes são:

- A embolia pulmonar, que pode causar a morte.
- A doença pós-flebítica, que pode ocasionar graves sequelas funcionais.
- E a trombose venosa cerebral.

O que é flebite?

A trombose pode acometer uma veia superficial situada logo abaixo da epiderme - pele -. Nesse caso, a afecção recebe a designação de tromboflebite superficial, ou simplesmente tromboflebite; ou, ainda, flebite. Quando o coágulo - trombo - acomete os vasos sanguíneos mais profundos, situados no interior de grupos musculares, designa-se trombose venosa profunda (TVP); ou o cérebro (trombose venosa cerebral).

Como identificar o problema através de sinais e sintomas?

- Quando a trombose afeta as veias superficiais: provoca, na região afetada, aumento da temperatura, dor, vermelhidão e inchaço (edema). Ao se apalpar a pele, pode-se perceber certo endurecimento dos tecidos no trajeto da veia acometida.

- Quando afeta as veias mais profundas: dor e edema acometem apenas um dos membros inferiores. O edema pode manifestar-se na virilha, coxa, perna e no pé.

- Insuficiência venosa crônica.

- Trombose venosa cerebral - forma rara de acidente vascular cerebral (AVC), podendo ser muito grave, dependendo do local e da extensão atingida no cérebro. Os sintomas podem variar de acordo com a região afetada: forte dor de cabeça (diferente da cefaleia, pois a dor não passa, mesmo com o repouso num leito escuro), inchaço da face e pescoço, vômitos, diminuição do campo visual, escurecimento da região inferior dos olhos, convulsões, rebaixamento do nível de consciência e sonolência.

Atenção: Ao se identificar a presença de tais sinais e sintomas, deve-se procurar auxílio médico especializado o mais rápido possível (angiologista, ou, na suspeita de trombose venosa cerebral, um neurologista). Juntamente com outros cuidados médicos convencionais, a naturopatia pode ser de grande valia na prevenção e no combate desde mal.

Quais os...

Clique aqui para ler este artigo na SIS.Saúde

.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - Rua Cel. Corte Real, 75 - Bairro Petrópolis - 90630-080 Porto Alegre-RS
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: contato@sissaude.com.br. (51) 8575.3535