.
 

Evitando acidentes cardiovasculares Luís Correia PI

Saiba como cuidar da saúde do coração. "A ingestão de potássio reduz risco de infarto do miocárdio e acidente vascular cerebral", destaca o autor. Compreenda os detalhes sobre a prevenção de infartos e derrames.

Francisco Xavier Mendes de Lima
(11) 2033-2229
R Padre Castelo Branco 1440 - Ed Unimagemcx Postal 82
Parnaiba, Piauí
Especialidade
Cardiologia

Dados Divulgados por
Francisca Rodrigues de Moura
(86) 3222-5055
R Governador Raimundo Artur de Vasconcelos 670 - S Sala307
Teresina, Piauí
Especialidade
Cardiologia

Dados Divulgados por
Everardo de Paiva Maia
(86) 3221-1462
R Primeiro de Maio 171 - Norte S 1 Cardioprevencao
Teresina, Piauí
Especialidade
Cardiologia

Dados Divulgados por
Hildo Torquato de Araujo
(86) 3222-0700
R Coelho de Resende 831 - Itacor
Teresina, Piauí
Especialidade
Cardiologia

Dados Divulgados por
Francisco das Chagas Batista
(86) 3226-1314
R Paissandu 2140
Teresina, Piauí
Especialidade
Cardiologia

Dados Divulgados por
Benicio Parentes de Sampaio
(86) 3226-1313
R Paissandu 2140
Teresina, Piauí
Especialidade
Cardiologia

Dados Divulgados por
Maria Salete R. Medeiros Pereira da Silva
221-6081
R Des Pires de Castro 380 - Sala 707
Teresina, Piauí
Especialidade
Cardiologia

Dados Divulgados por
Francisco das Chagas Batista
(86) 3223-4566
Av Sao Raimundo 517 - /S
Teresina, Piauí
Especialidade
Cardiologia

Dados Divulgados por
Francisco Xavier Mendes de Lima
(11) 2033-2229
R Padre Castelo Branco 1440 - Ed Unimagemcx Postal 82
Parnaiba, Piauí
Especialidade
Cardiologia

Dados Divulgados por
Francisco Luis Lima
R Paissandu 2140
Teresina, Piauí
Especialidade
Cardiologia

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Evitando acidentes cardiovasculares

Fornecido por: 



15/03/2009

Coração

Ingestão de potássio reduz risco de infarto do miocárdio e acidente vascular cerebral

O Jornal Folha de São Paulo publicou em janeiro matéria no caderno de saúde informando que o aumento do consumo de potássio, combinado à conhecida orientação de redução de sal, provoca melhores efeitos à saúde cardiovascular. A conclusão é resultado de um estudo publicado neste mês no “Archives of Internal Medicine”, realizado com 2.974 pacientes pré-hipertensos.

Os pesquisadores analisaram a excreção de sódio e de potássio na urina dos pacientes para estabelecer uma relação entre a ingestão desses minerais e a ocorrência de eventos cardiovasculares relacionados à pressão alta, como infarto e acidente vascular cerebral (AVC). Os melhores resultados foram encontrados ao combinar baixa ingestão de sódio com alto consumo de potássio. Nesse caso, as chances de o paciente desenvolver algum problema cardiovascular foi até 50% menor. Ao avaliar somente a redução de sódio no organismo (sem aliar a maior consumo de potássio), os pesquisadores de cinco instituições dos EUA constataram que os participantes com baixa ingestão do mineral tiveram 20% menos risco de sofrer AVC ou infarto.

O potássio ajuda a promover a dilatação dos vasos e melhora o fluxo sanguíneo. Além disso, o mineral melhora a sensibilidade à insulina, o que pode ajudar pacientes que desenvolveram resistência ao hormônio. As principais fontes de potássio são os alimentos ricos no mineral, como melão e tomate, e os sais que substituem o sal de cozinha convencional, conhecidos no mercado como ‘light’.

Muito mais que por afirmações autoritárias, a medicina moderna guia-se por detecção de evidências a partir de observações clínicas confiáveis. Recente publicação nos Archives of Internal Medicine de um estudo de 2.974 paciente pré-hipertensos, demonstra que combinar baixa ingestão de sódio com alta de potássio reduz 50% o risco de desenvolver infarto e acidente vascular cerebral, enquanto que a baixa ingestão isolada de sódio reduz em apenas 20% esses mesmos desfechos. Isso valida condutas que muitos médicos já vinham recomendando a seus pacientes. Por quê?

Há muito tempo sabe-se, por meio de extensa literatura médica, que excesso de sódio retém líquido no organismo, ajuda a formar edemas e enrijece as artérias, facilitando o aparecimento e/ou o agravamento de hipertensão arterial sistêmica, e que hipertensão l...

Clique aqui para ler este artigo na SIS.Saúde

.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - Rua Cel. Corte Real, 75 - Bairro Petrópolis - 90630-080 Porto Alegre-RS
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: contato@sissaude.com.br. (51) 8575.3535