.
 

Evitando a osteoporose Corumbá, Mato Grosso do Sul

"A ingestão de cálcio em todas as fases da vida está diretamente relacionada com o desenvolvimento da osteoporose", diz a nutricionista Cristina Martins. Ela descreve a importância desse mineral para a saúde. Confira os alimentos que ajudam a prevenir a osteoporose.

Kazuko Kakitani Iguma
(67) 3422-8222
R Camilo Ermelindo da Silva 459
Dourados, Mato Grosso do Sul
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Miguel R. de Azambuja-Me Lab. Sao Lucas
(67) 3521-3076
Rua Paranaiba 1214 - B
Tres Lagoas, Mato Grosso do Sul
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Lucia Maia Peron
(67) 3325-4041
R Rua da Paz 561 - Sala 04
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
CFIPS
(67) 3321-6760
r Bahia, 812 Jardim dos Estados
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
Ana Paula Lanza Paes-Pediatra Neonatologista
(67) 3327-0129
r Mar Antilhas, 19 Chácara Cachoeira
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
Stela Regina Vidigal
(67) 3421-4329
Av.Presidente Vargas 1430
Dourados, Mato Grosso do Sul
Especialidade
Patologia

Dados Divulgados por
Maria Abrahao N. Ribeiro Lab. Biovida
(67) 3521-9694
Rua Joao Carrato 208
Tres Lagoas, Mato Grosso do Sul
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Mais Campo Grande Ms
(67) 3322-2100
Pedro Celestino 2670
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
Especialidade
Medicina de Família e Comunidade

Dados Divulgados por
Clinica Sao Lucas
(67) 3421-0565
Rua Monte Alegre, 1560
Dourados, Mato Grosso do Sul
Especialidade
Alergia e Imunologia

Dr. Marco Aurélio Asato - Otorrino3L
(67) 3521-5799
R. Monir Thomé 712
Três Lagoas, Mato Grosso do Sul
Especialidade
Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial

Dados Divulgados por

Evitando a osteoporose

Fornecido por: 



03/12/2008

Ossos e envelhecimento

Cálcio: nutriente contra a osteoporose

A Academia Nacional de Ciências dos Estados Unidos relata que mais da metade das pessoas acima de 75 anos desenvolvem osteoporose. Isso porque, conforme envelhecemos, a degradação óssea torna-se mais rápida do que a reconstrução. Se a alimentação do indivíduo é pobre em cálcio, logo a osteoporose aparece, resultando em ossos fracos que podem quebrar-se facilmente.

A ingestão de cálcio – e a falta dela -, em todas as fases da vida, está diretamente relacionada com o desenvolvimento da osteoporose. O cálcio é um mineral essencial para a construção e manutenção de ossos e dentes fortes, mas não é apenas essa a sua função. O coração precisa dele para bater, os músculos para contrair e relaxar, o sangue para coagular e os nervos para transmitir mensagens. Se não houver a ingestão suficiente desse mineral, o corpo retira o cálcio dos ossos para manter o coração e os músculos trabalhando adequadamente. E, se o cálcio retirado não for reposto por meio de alimentos, os ossos ficarão fracos, resultando nos “ossos porosos” da osteoporose.   Na terceira idade, é quando o indivíduo sofre as conseqüências da falta de ingestão de cálcio ao longo de sua vida. Entretanto, os idosos podem manter a osteoporose sob controle, consumindo cálcio o suficiente para reparar os ossos e retardar a perda óssea.   Existem muitos alimentos que são fonte de cálcio e também de outros nutrientes. O leite, por exemplo, também oferece vitamina D, que melhora a absorção de cálcio. Os produtos de lacticínio, como iogurte e queijo, contêm as maiores quantidades do mineral. Outras fontes incluem sardinhas enlatadas com ossos, amêndoas, brócolis, couve e outras folhas verde-escuras.   É importante lembrar que, muitos produtos ricos em cálcio, principalmente o leite integral, queijos e sorvetes são também ricos em gordura e colesterol. Portanto, opte por produtos desnatados e queijos pobres em gordura como o cottage e o leite magro.   Para ajudar no fortalecimento ósseo, os exercícios são grandes aliados, pois aumentam a eficácia da absorção e conservação do cálcio. Também são indicadas exposições ao sol, de forma controlada, duas ou três vezes por semana, de dez a quinze minutos, pois luz solar ajuda na produção da vitamina D.   Então, não importando a fase da vida em que você esteja, escolha alimentos ric...

Clique aqui para ler este artigo na SIS.Saúde

.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - Rua Cel. Corte Real, 75 - Bairro Petrópolis - 90630-080 Porto Alegre-RS
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: contato@sissaude.com.br. (51) 8575.3535