.
 

Estudando sobre a doença de celíaca Corumbá, Mato Grosso do Sul

Compreenda as causas da doença de celíaca. O autor explica sobre as dificuldades de diagnosticar essa doença rara. Ele descreve alguns sintomas, mas adverte que eles são variados.

Yvone Maia Brustoloni
673-3261
R Marechal da Antilhas 19
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
Especialidade
Infectologia

Dados Divulgados por
Ana Lucia Lyrio de Oliveira
(67) 3324-4303
R Rui Barbosa 4273
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
Especialidade
Infectologia

Dados Divulgados por
Haydee Marina do Valle Pereira
(67) 3025-6341
Rua das Garças 100
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
Especialidade
Infectologia

Dados Divulgados por
Jayme Vieira de Resente Fl DR
(67) 231-4530
r Cuiabá, 938, Centro
Corumbá, Mato Grosso do Sul
 
Star Motos
(67) 231-9292
r Albuquerque, 1019
Corumbá, Mato Grosso do Sul
 
Yvone Maia Brustoloni
(67) 326-1638
R. Oceano Pacifico 124
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
Especialidade
Infectologia

Dados Divulgados por
Andyane Freitas Tetila
(67) 0000-0000
Rua Mar das Antilhas 19
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
Especialidade
Infectologia

Dados Divulgados por
Moises R Amaral
(67) 231-3492
r Cabral, 1263, Aeroporto
Corumbá, Mato Grosso do Sul
 
José Go Alves
(67) 231-1904
r 7 S Corumba, 882
Corumbá, Mato Grosso do Sul
 
Corumbaense Futebol Clube
(67) 231-3298
r General Rondon, 1338, Centro
Corumbá, Mato Grosso do Sul
 
Dados Divulgados por

Estudando sobre a doença de celíaca

Fornecido por: 



30/09/2009

Doença de celíaca

A série de televisão House mostra uma doença complexa e de difícil diagnóstico

Em um dos capítulos da série House, que passa no canal Universal Channel, a equipe de diagnóstico médico recebe uma paciente grávida que apresenta delírios e alucinações causados pela pelagra (falta de vitamina B ou vitamina PP), além de outros sintomas. Como essa paciente foi alcoolista no passado, a suspeita é que o seu quadro possa estar ligado a essa patologia. Por fim, ela ganha o bebê e, em um dos seus quadros de alucinação, tenta asfixiá-lo, o que causa danos pulmonares ao recém nascido, que é tratado sem sucesso e vem a falecer. Na biopsia, descobre-se que o bebê tinha a doença de celíaca, o que o levou a não responder às medicações. Com essa descoberta, a equipe médica pôde diagnosticar a mãe, que também apresentava essa doença. Tal patologia, segundo a equipe, foi desencadeada pelo possível estresse que a mãe passou durante a gravidez.

Esse capítulo da série House revela uma patologia complexa e de difícil diagnóstico – a doença de celíaca (também conhecida como enteropatia glúten-induzida). Esta é caracterizada por uma susceptibilidade genética que causa uma inflamação das mucosas do intestino delgado pela ingestão do glúten (VIDAL et al., 2009). O glúten é uma proteína encontrada em muitos cereais (trigo, cevada, centeio, etc.).   A pessoa pode nascer com os sintomas da doença de celíaca, e o que muitas pessoas desconhecem, é que os sintomas dessa patologia podem aparecer em qualquer época da vida. A pessoa possui uma susceptibilidade genética à doença que é desencadeada por algum fator ambiental, ou seja, um “evento gatilho” (ANDERSON, 2008). Como no capítulo da série House, a paciente veio a desenvolver a patologia na gravidez, pelo possível estresse que tenha passado.   No entanto, vários outros fatores ambientais podem estar associados ao desencadeamento da doença de celíaca em adultos, tais como: o excesso de álcool, o fumo, a obesidade (HAINES et al., 2008) e infecções virais (PLOT e AMITAL, 2009), entre outros. Em crianças, o risco de nascer com essa patologia aumenta se um dos pais tem a doença de celíaca ou se a mãe é fumante (ROBERTS et al., 2009).   Sintomas   Os sintomas clássicos podem incluir (ANDERSON, 2008; ALEHAN et al., 2008; DE LIMA et al., 2008):   - diarréia crônica e/ou constipação intestinal; - vômitos; - perda de peso;...

Clique aqui para ler este artigo na SIS.Saúde

.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - Rua Cel. Corte Real, 75 - Bairro Petrópolis - 90630-080 Porto Alegre-RS
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: contato@sissaude.com.br. (51) 8575.3535