.
 

Estudando sobre a anorexia Corumbá, Mato Grosso do Sul

Identifique quando a preocupação com a forma física se transforma em doença. "Homens jovens, sem maturidade e com baixa auto-estima são principais vítimas da vigorexia", o autor descreve os fatores de risco dessa doença. Entenda as implicações da vigorexia.

Marcos Antonio Ruiz - Hipnólogo
067 9906 6123
Rua Cacimbinha, 118
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
 
Andrade, Denisval P
(67) 3324-4920
r Antônio Corrêa, 319 lt 10, Jardim Monte Líbano
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
Psicólogo Fabricio Siqueira Basso
(67) 3325-8197
Rua Sebastião Lima, 454
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
 
Adauto Furlanetti
(67) 9264-4869
r Eduardo Santos Pereira, 295 1º Andar, Sala 2
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
Instituto CrerSer
67 3382 1750 3027 3565
Rua Pernambuco 1396, Monte Castelo
Campo Grande , Mato Grosso do Sul
 
Consultório Particular
(67) 3341-1683
Rua Jeribá 325, sala 25 - Chácara Cahoeira
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
 
Psicanalista
(67) 3324-9063
R, Abrão J;ulio Rahe, 1483
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
 
Ismape - Apoio Psicológico e Educacional
(67) 3382-6748
r Arthur Jorge, 1048 Sl 2
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
Igor Queiroz Paez
(67) 9965-7660
Rua Espirito Santo, 663
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
 
Arruda, Ângelo M V
(67) 3383-2307
r Eduardo Santos Pereira, 1659 s 5, Jardim dos Estados
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Estudando sobre a anorexia

Fornecido por: 



10/12/2009

Vigorexia

O problema da forma fí­sica acima da saúde

Ter um corpo perfeito é prioridade para milhões de pessoas ao redor do mundo que querem ficar dentro dos padrões de beleza estabelecidos pela mídia e pela sociedade. Algumas pessoas transformam esse objetivo em escravidão. A chamada vigorexia é a preocupação exagerada com a forma física. Associa beleza com músculos definidos e pode estar ligado a problemas de personalidade e a transtornos alimentares.

O transtorno não tem relação com a prática regular e saudável de esportes, nem com o fisiculturismo, que é entendido como a prática de exercícios físicos dirigidos ao excessivo desenvolvimento dos músculos. Mas é imporante observar: entre os seguidores do fisiculturismo pode haver diversas pessoas com vigorexia.

Enquanto a anorexia e a bulimia nervosas são mais frequentes em mulheres, a vigorexia afeta mais os homens que desejam desenvolver seus músculos, que se enxergam fracos ou que tentam, a todo custo desenvolver um corpo que eles acreditam ser perfeitos.

Comportamento anoréxico pode estar mascarado

“Por trás disso, na verdade há um comportamento anoréxico. Ao invés de não comer ou forçar o vômito, esses indivíduos adotam hábitos alimentares altamente restritivos, como os vistos na ortorexia [leia mais a respeito aqui]. Mas existem certas características desse transtorno que fazem com que os homens sejam mais suscetíveis a esse tipo de comportamento”, diz Raphael Cangelli Filho, psicólogo clínico do Instituto de Psiquiatria (Ipq) do Hospital das Clínicas da FMUSP e membro da equipe do Programa de Transtornos Alimentares (Ambulim).

Homens jovens, sem maturidade e com baixa auto-estima são principais vítimas da vigorexia, mas os casos entre as mulheres têm sido mais frequentes. “Esses indivíduos não definem os limites. O transtorno, muitas vezes, se assemelha aos casos de jogo patológico. Eles criam uma sistemática de exercícios, pesos e medidas e tentam o tempo todo chegar a um limite superior do alcançado até então”, explica Cangelli Filho.

“A quantidade de pesos usados aumentam o tempo todo, ou então o volume do braço precisa ser medido e comparado ao de um outro atleta, e então superado. É uma obsessão sem fim e cujo propósito se fecha em si mesmo: um corpo mais definido, mais volumoso, mais potente. É uma competição consigo mesmo, e a saúde, normalmente, é deixada de lado.”

Todo sacrifício é pouco

Indivíduos vigoréxicos consideram que todos os sacrifícios s...

Clique aqui para ler este artigo na SIS.Saúde

.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - Rua Cel. Corte Real, 75 - Bairro Petrópolis - 90630-080 Porto Alegre-RS
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: contato@sissaude.com.br. (51) 8575.3535