.
 

Estudando o transtorno alimentar Rio Branco, Acre

Conheça as causas do transtorno alimentar. "As pessoas com tendência à anorexia geralmente demonstram um comportamento especial que pode ser detectado desde cedo", destaca o autor. Entenda a relação desse problema com os fatores psicológicos.

Fabiana Pescador
(68) 3223-7915
av Brasil 303 - 7 s 702, Centro
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
Débora Cristina dos Santos
(68) 3226-1347
r Rio de Janeiro 1124, Abrahão Alab
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
Carolina Sátiro Macêdo
(68) 9207-0018
r Copacabana, 148 s 203 Cj Village, Centro
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
DR Deusmar Singui Fl
(68) 224-5644
av Brasil, 303, sl 207 an 2, Base
Rio Branco, Acre
 
Gisela da Costa Mascarenhas
(68) 224-9389
r Grêmio Atlético Sampaio, 67, José Augusto
Rio Branco, Acre
 
Carolina Sátiro Macêdo
(68) 9207-0018
r Copacabana, 148 s 203 Cj Village, Centro
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
Débora Cristina dos Santos
(68) 3226-1347
r Rio de Janeiro 1124, Abrahão Alab
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
Fabiana Pescador
(68) 3223-7915
av Brasil 303 - 7 s 702, Centro
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
DR Savio Costa Psiquiatra
(68) 223-7207
r Guiomard Santos, 310, Bosque
Rio Branco, Acre
 
Clinorl Clínica de Otorrinolaringologia
(68) 224-0828
av Getulio Vargas, 1729, Centro
Rio Branco, Acre
 
Dados Divulgados por

Estudando o transtorno alimentar

Fornecido por: 



09/01/2009

Transtorno alimentar

Você sabe identificar os primeiros sinais de anorexia?

Muitas vezes as pessoas ouvem falar sobre anorexia e pensam tratar-se de uma realidade muito distante de seus lares. No entanto, a anorexia, uma doença comum entre adolescentes do sexo feminino, muitas vezes não atinge proporções suficientemente alarmantes para chamar a atenção da família. É preciso ficar atento para os primeiros sinais de um transtorno alimentar que pode acarretar graves problemas de subnutrição.

As causas da doença podem ser as mais variadas, desde genéticas até psicológicas. A anorexia nervosa - perda de apetite ou recusa de se alimentar por razões nervosas - geralmente acomete meninas que se sentem insatisfeitas com seu próprio corpo, considerando-se gordas mesmo estando abaixo do peso normal. A doença é mais freqüente em classes sociais mais elevadas, surgindo após uma dieta alimentar (45% dos casos) ou por uma situação competitiva (40%). Algumas profissões são consideradas de risco, pois relacionam a magreza ao sucesso: é o caso das bailarinas e das modelos.

As pessoas com tendência à anorexia geralmente demonstram um comportamento especial que pode ser detectado desde cedo. Têm o hábito de fazer dieta mesmo quando o peso é proporcional à estatura, criticam constantemente algumas partes do corpo (especialmente abdômen, nádegas e coxas), fazem exercícios por mais de uma hora por dia e diminuem suas atividades sociais. É preciso ter muito cuidado na avaliação de um adolescente, pois a prática moderada de alguns desses hábitos faz parte da chamada "síndrome da adolescência normal".

Outros aspectos alarmantes são as pesagens excessivas, as medições de partes do corpo e o histórico médico familiar. Parentes biológicos de pessoas que tiveram anorexia têm uma pré-disposição para a doença, principalmente gêmeos idênticos. Estas pessoas também podem desenvolver um interesse peculiar pelos alimentos, colecionando receitas e cozinhando para a família, mas este interesse é inversamente proporcional ao consumo de alimentos.

O desenvolvimento da doença também pode se dar a partir de uma alteração psicológica devido a uma situação estressante, como a perda de um ente querido, rompimento conjugal, adaptação profissional ruim, relacionamento complicado com a mãe, entre outros.

A perda de peso nas pessoas anoréxicas ocorre geralmente através da redução da alimentação, limitada a frutas e verduras e por vezes chegando ...

Clique aqui para ler este artigo na SIS.Saúde

.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - Rua Cel. Corte Real, 75 - Bairro Petrópolis - 90630-080 Porto Alegre-RS
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: contato@sissaude.com.br. (51) 8575.3535