.
 

Equilibre as suas emoções e perca peso Craíbas AL

Entenda como as emoções podem interferir no sucesso da sua dieta alimentar. Lygya Maya descreve cinco passos para equilibrar o seu humor. "Reconheça que comer 'emocionalmente' é um hábito nocivo à saúde e você precisa cuidar disso com seriedade", ela recomenda.

Academia Corpo a Corpo
(82) 3320-6531
r 64 - Cj Castelo BRanco, 4 Jacintinho
Maceió, Alagoas

Dados Divulgados por
Academia de Dança Maria Emília Clark
(82) 3336-8292
r Uruguai, 231 Jaraguá
Maceió, Alagoas

Dados Divulgados por
SS Frazão Com Ltda
(82) 3377-0303
av Júlio Marques Luz, 445 Jatiúca
Maceió, Alagoas

Dados Divulgados por
Academia Feminina Nina rosa
(82) 3235-1874
r Valfrido Jerônimo rocha, 183 Jatiúca
Maceió, Alagoas

Dados Divulgados por
Academia Cena
(82) 3241-1886
r roberto Simonsen, 435 Gruta de Lourdes
Maceió, Alagoas

Dados Divulgados por
Athletic Way Com de Equip para Ginástica e Fisiot Ltda
(82) 3328-9607
av Fernandes Lima, 3700 lj B270 Gruta de Lourdes
Maceió, Alagoas

Dados Divulgados por
ACADEMIA PHYSICAL TRAINING
(0XX82) 33269944
RUA DESEMBARGADOR TENÓRIO, 226, FAROL
MACEIO, Alagoas
 
Academia Ativação
(82) 3032-1108
av Menino Marcelo, 7590 A
Maceió, Alagoas

Dados Divulgados por
Suênia Personal Trainer
(82) 9664-0951
Sebastião Ribeiro Barbosa 88 sta Esmeralda
Arapiraca, Alagoas
 
Academia Alfa
(82) 3241-3626
r Maj Vicente Sabino, 172 Farol
Maceió, Alagoas

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Equilibre as suas emoções e perca peso

Fornecido por: 



09/12/2009

Cinco dicas para acabar com a droga mais usada pelas mulheres

A comida vem sendo usada por muitos anos como uma distração para suplantar sentimentos desconfortáveis

A comida vem sendo usada por muitos anos como uma distração para suplantar sentimentos desconfortáveis. Ao invés de ser usada para nutrir o corpo com vitaminas e minerais necessários à sobrevivência, tornou-se um vício dificílimo de combater. Por isso a chamo de a “droga” mais popular do planeta. Ficamos viciados no prazer em comer e por isso comemos mais do que precisamos. Além de nutrir, a comida passou a ter duas outras funções:

1. Evitar sentimentos como depressão, tristeza, raiva, frustração etc.

2. Dar-nos prazer através da ingestão de doces, salgadinhos deliciosos, chocolates etc.

Podemos chamar isto de “orgasmo emocional”. É muito comum as mulheres comerem mesmo sem fome, enquanto jogam conversa fora ou assistem TV para se distrair. O prazer é o que impulsiona a engordar sem perceber.

Este processo nos mantém em um nível mental e emocional superficial, o que nos enfraquece em relação ao nosso poder de controle perante a realidade, que é muitas vezes cruel, mas necessária para aprendermos a lidar com a solidão, rejeição, paixão frustrada, falta de sexo ou de reconhecimento profissional, apenas para citar alguns exemplos.

Aqui vão cinco dicas para que esse vício seja combatido com “unhas e dentes”:

∗ RECONHEÇA que comer “emocionalmente” é um hábito nocivo à saúde e que você precisa cuidar disto com seriedade. Como? Lendo livros e artigos sobre o assunto, perguntando a pessoas que estão de bem com a vida em todos os aspectos, procurando profissionais que lidam com terapias alternativas e emoções. Você irá reconhecer que NÃO é necessário comer da maneira que pensa que precisa, para “distrair” sua dor emocional.

∗ PARE, RESPIRE FUNDO E PENSE! Quando der vontade de comer, pense no que é melhor: comer para melhorar sua saúde ou fazer algo nocivo a ela?

∗ GERENCIE o tipo de alimento que ingere e prove a si mesma que pode lidar com sentimentos indesejáveis de uma maneira positiva.

∗ COMPRE somente alimentos naturais e saudáveis. Quando for ao supermercado, habitue-se a ler os ingredientes que compõe cada alimento e encha o carrinho de produtos nutritivos, eliminando a possibilidade levar comidas nocivas e fáceis de serem ingeridas para casa. Ao levar alimentos prejudiciais, a “viciada” sabota-se e apanha o primeiro bolo que vê na dispensa, para obter prazer quando está na fiss...

Clique aqui para ler este artigo na SIS.Saúde

.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - Rua Cel. Corte Real, 75 - Bairro Petrópolis - 90630-080 Porto Alegre-RS
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: contato@sissaude.com.br. (51) 8575.3535