.
 

Entendendo as causas do autismo Aquiraz CE

Entenda a definição de autismo. O autor disserta sobre o desenvolvimento do autista. "O tratamento do autismo é muito mais no sentido de auxiliar do que de curar, visto que ele não é considerado uma doença", ele destaca.

Giovani Magalhaes Martins
3293-1268
Rod Doutor Mendel Steinbruch 3999
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Medicina do Trabalho

Dados Divulgados por
Erlane Marques Ribeiro
(85) 3244-7899
R. Des. Leite Albuquerque 158 - Aldeota
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Genética Médica

Dados Divulgados por
Victor Hugo Medeiros Alencar
3486-6121
Av Dom Luis 1233
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Medicina do Trabalho

Dados Divulgados por
Dalgimar Beserra de Menezes
3231-9075
R Joao Cordeiro 1656
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Patologia

Dados Divulgados por
Ana Maria Medeiros L Melo
3261-9317
Av Santos Dumont 2626
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Medicina do Trabalho

Dados Divulgados por
Roseane Feitosa de Oliveira
(85) 3264-7174
Av Santos Dumont 2626
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Ivan Nobre Rabelo
Av Oliveira Paiva. 1976
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Medicina do Trabalho

Dados Divulgados por
Dary Alves Oliveira
3272-8054
Av Rui Barbosa 3275
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Eliane Simone Costa C Aragao
3246-8719
Av Barao de Studart 2500
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Alzira Guerra Saldanha
3264-2111
R Padre Valdevino 2160
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Entendendo as causas do autismo

Fornecido por: 



13/02/2009

Autismo

Estudo norte-americano busca tratamento pré-natal

De acordo com o “Autism Research Centre”, na Universidade de Cambridge (EUA), estamos muito perto de termos um tratamento pré-natal para o autismo. Segundo a pesquisa, em um futuro bem próximo, pais poderão escolher se querem ou não ter um filho com essa condição.

O autismo é uma desordem no desenvolvimento neurológico, pessoas autistas têm dificuldades de se comunicar e de estabelecer relacionamentos com outras pessoas. Existem vários tipos de autismo, algumas pessoas, apesar de serem autistas, apresentam inteligência e fala intactas;  por outro lado, algumas apresentam retardo mental, mutismo ou importantes atrasos no desenvolvimento da linguagem. Em sua maioria se apresentam fechados e distantes da realidade que os rodeia.   As suas causas ainda são pouco conhecidas, contudo os estudos nos levam a duas prováveis causas. A primeira é a genética. Para começar, as famílias de autistas têm maior interesse pela área de exatas, muitos pais ou avós são engenheiros ou desempenham outras atividades diretamente ligadas à matemática. Sem contar que os homens estão muito mais propensos a desenvolverem essa condição, a diferença está de uma mulher para quatro homens.   A outra provável causa, seriam problemas durante a formação do feto. De acordo com o Professor Simon Baron-Cohen, diretor do centro de pesquisa que publicou tal estudo, crianças que foram expostas a concentrações elevadas de testosterona fetal exibiam algumas características de adultos com distúrbios autísticos, tais como evitar olhares diretos, desenvolver menos áreas de interesse e dificuldades de estabelecer relacionamentos.   O tratamento do autismo é muito mais no sentido de auxiliar do que de curar, visto que o ele não é considerado uma doença. Entretanto, o Professor Simon ressalta uma importante questão: boa parte das grandes descobertas na área das ciências exatas foram feitas por autistas; se, enfim, curarmos o autismo ainda na fase pré-natal, a humanidade não perderia muitos de seus gênios? 
Autor: Fábio Pellenz de Brito - Equipe SIS.Saúde
Fonte: Autism Research Centre


Clique aqui para ler este artigo na SIS.Saúde

.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - Rua Cel. Corte Real, 75 - Bairro Petrópolis - 90630-080 Porto Alegre-RS
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: contato@sissaude.com.br. (51) 8575.3535