.
 

Entenda a função do intestino na manutenção do peso Aquiraz CE

Conheça os fatores que intereferem no bom funcionamento do intestino. O autor explica que as dietas restritivas e o excesso de laxante podem lesar a parede intestinal. "A alimentação inadequada pode dificultar a perda de peso e desequilibrar todo o organismo", destaca o autor.

Bloco Eva
(85) 219-7909
r Aracati, 94, Benfica
Fortaleza, Ceará
 
Planeta Esporte Ltda
(85) 234-7044
tv Santos Dumont, 6901, Alto Da Balança
Fortaleza, Ceará
 
de Cons e Promoção de Eventos Ltda
(85) 227-1971
av Pontes Vieira, 2355, Tauape
Fortaleza, Ceará
 
Central Termas
(85) 253-6177
r 24 Maio, 1084, a
Fortaleza, Ceará
 
Sauna Apolo
(85) 221-6667
r Rodrigues Junior, 1425, Centro
Fortaleza, Ceará
 
Bloco A Barca
(85) 268-1828
r Coronel Virgilio Tavora, 867, lj 5, Messejana
Fortaleza, Ceará
 
Sauna Martins
(85) 242-5842
av Beira Mar, 2500, lj 3, Praia De Iracema
Fortaleza, Ceará
 
Athletic Way
(85) 241-2499
av Washington Soares, 85, lj 1, Messejana
Fortaleza, Ceará
 

Entenda a função do intestino na manutenção do peso

Fornecido por: 



22/09/2009

A função do intestino na manutenção do peso

Uma alimentação inadequada pode afetar o funcionamento intestinal, dificultar a perda de peso e desequilibrar todo o organismo

Nossa sociedade é dominada pelo conceito de que beleza é sinônimo de magreza. Muitas mulheres recorrem a dietas e medicamentos milagrosos sem perceber que esta atitude pode não contribuir para o emagrecimento, além de causar um desequilíbrio em todas as funções do organismo. “A restrição calórica e o uso indevido e banalizado de medicamentos desequilibram nutricionalmente o organismo, que fica mais suscetível ao aparecimento de doenças e nem sempre contribui para o emagrecimento. O que poucas pessoas sabem é que uma providência importante para o emagrecimento efetivo é o cuidado com a função intestinal”, explica Juliana Trevilini Garcia, nutricionista da Clínica Contato.

O intestino tem o papel definitivo para nossa saúde, pois é o centro da regulação do organismo. De acordo com a nutricionista, o órgão responde por 80% da imunidade do organismo, portanto, se o intestino não funciona corretamente, nosso sistema de defesa fica mais frágil, e passamos a ficar mais suscetíveis a doenças. “Este órgão também é capaz de sintetizar aproximadamente 90% da serotonina – hormônio do bem-estar, o que significa que um bom funcionamento intestinal faz com que a pessoa seja mais tranqüila, e tenha um comportamento e estilo de vida mais equilibrado”, comenta.

Uma dieta rica em alimentos industrializados e com baixo consumo de fibras produz diversas toxinas que desequilibram a microflora do intestino, o que causa um aumento da permeabilidade intestinal. “Na parede intestinal temos bactérias “boas” e bactérias “ruins”. Quando existe uma alimentação inadequada, acabamos alimentando essas bactérias “ruins”, fazendo com que a parede intestinal não tenha mais proteção, e passe toxinas e radicais livres para a corrente sanguínea. Isto é chamado de hipermeabilidade intestinal, ou seja, o intestino está sem proteção”, esclarece Juliana Garcia. “Este aumento da permeabilidade do intestino também colabora para o acúmulo de toxinas nas células adiposas, e pode dificultar a eliminação de peso”, acrescenta.

Alguns medicamentos também influenciam no funcionamento intestinal. Remédios com hipotensores, diuréticos, vitaminas em excesso, alguns analgésicos, antiácidos, antidepressivos, e suplementos de sais de cálcio quando usados sem recomendação e acompanhamento ...

Clique aqui para ler este artigo na SIS.Saúde

.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - Rua Cel. Corte Real, 75 - Bairro Petrópolis - 90630-080 Porto Alegre-RS
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: contato@sissaude.com.br. (51) 8575.3535