.
 

Diminua as náuseas da quimioterapia Luís Correia PI

"Gengibre ajuda doentes de câncer a enfrentar náuseas da quimioterapia", destaca o médico Luis Fernando Correia. Entenda porque o chá de gengibre melhora a qualidade de vida do portador de câncer. Confira os resultados de um estudo sobre essa suplementação.

Katia Maria Marabuco de Sousa
(86) 3233-4111
R Professor Joca Vieira 1269
Teresina, Piauí
Especialidade
Cancerologia

Dados Divulgados por
Jose Andrade de Carvalho Melo
(86) 3221-4220
R Desembargador Pires de Castro 380 - S Sala 807
Teresina, Piauí
Especialidade
Cancerologia

Dados Divulgados por
Antonio Fortes de Padua Filho
(86) 3221-3931
R Gabriel Ferreira 372 - S
Teresina, Piauí
Especialidade
Cancerologia

Dados Divulgados por
Assoc Recreativa Cepisa Cofearc
(86) 367-1426
av Tancredo Neves, 2625, Luís Correia
Luis Correia, Piauí
 
Paulo Henrique de Carvalho Melo
R Felix Pacheco 2159
Teresina, Piauí
Especialidade
Cancerologia

Dados Divulgados por
Edimar Duarte Val
(86) 3226-2861
R Sao Pedro 1977 - S 204
Teresina, Piauí
Especialidade
Cancerologia

Dados Divulgados por
Gildene Alves da Costa
(86) 3221-6050
R Olavo Bilac 2300 - Ambulatorio H Sao Marcos
Teresina, Piauí
Especialidade
Cancerologia

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Diminua as náuseas da quimioterapia

Fornecido por: 



18/05/2009

Gengibre ajuda doentes de câncer a enfrentar náuseas da quimioterapia

Uma colher de chá reduziu os efeitos negativos do tratamento de tumor

Pesquisadores descobriram que uma colher de chá de gengibre pode diminuir a náusea associada ao tratamento de quimioterapia. A náusea e os vômitos estão entre os mais comuns e altamente desagradáveis efeitos indesejados no tratamento dos tumores malignos. Cerca de 70% dos pacientes podem vir a sentir esses problemas.

Os resultados da pesquisa foram apresentados em uma coletiva de imprensa que serviu de prévia para o Congresso da Sociedade de Oncologia Clínica daqui há duas semanas em Orlando, na Flórida. Foram estudados mais de 600 pacientes que estavam em tratamento com quimioterápicos e que já haviam apresentado náuseas e vômitos nos primeiros ciclos.

Divididos em grupos, os participantes receberam no próximo ciclo do tratamento uma suplementação de pílulas de gengibre ou placebo, alem dos medicamentos habituais para náusea. As doses de gengibre equivaliam a 1, 1,5 e 0,5 grama de gengibre ralado. Os pacientes começavam a tomar as doses de gengibre 3 dias antes de começarem a quimioterapia e as mantinham até o fim do ciclo.

Todos as dosagens de gengibre foram eficientes em reduzir a náusea associada ao tratamento. Aqueles que receberam a dose menor, 0,5 gramas por comprimido, apresentavam os melhores resultados. A redução, que foi de 40% nos melhores casos, aponta para uma associação interessante entre medicina complementar e tradicional nesse problema de difícil solução. Vamos aguardar o congresso e a apresentação completa dos dados desse trabalho para maiores detalhes.

Luis Fernando Correia é médico e apresentador do "Saúde em Foco", da CBN.


Autor: Luis Fernando Correia
Fonte: G1


Clique aqui para ler este artigo na SIS.Saúde

.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - Rua Cel. Corte Real, 75 - Bairro Petrópolis - 90630-080 Porto Alegre-RS
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: contato@sissaude.com.br. (51) 8575.3535