.
 

Dieta rica em vitaminas pode prolongar a vida Alcântara MA

Pesquisadores constataram que um dieta nutritiva pode aumentar a longevidade das mulheres. "As vitaminas preservam as extremidades do DNA, podendo abrandar o envelhecimento", cita o autor. Confira os detalhes da pesquisa.

L de F Vieira
(98) 3083-1759
av Roberto Simonsen, 20, Sta Cruz
São Luís, Maranhão

Dados Divulgados por
Escola de Natação Viva Água Ltda
(98) 3235-7356
r Gaivotas, s/n, Sn Qd 2 Lot 1, Jd Renascença
São Luís, Maranhão

Dados Divulgados por
Evoluon Nautica Ltda - Me
(98) 3248-1731
r Holandeses, 200, B, Olho D' Água
São Luís, Maranhão

Dados Divulgados por
Academia H2o Ltda - Me
(98) 3246-3410
av Jerônimo de Albuquerque, 2000, Lj 10 A, Cohafuma
São Luís, Maranhão

Dados Divulgados por
Moving Academia Ltda
(98) 3226-0094
av Luís Rei de França,S, 412, Lj 24 Free Center, Cruzeiro do Anil
São Luís, Maranhão

Dados Divulgados por
Caca e Pesca Ltda
(98) 2225-4660
r Jacinto Maia, 461, Centro
São Luís, Maranhão

Dados Divulgados por
M. M. Bacelar Sidonio
(98) 3222-5151
r Estrela, 370, A, Centro
São Luís, Maranhão

Dados Divulgados por
M. S. P. Vale
(98) 3227-4196
r Azulões, 2, Qd 2, Jd Renascença
São Luís, Maranhão

Dados Divulgados por
C. M. Trajano
(98) 3231-8950
r Palma, 196, Lj 1, Centro
São Luís, Maranhão

Dados Divulgados por
B M Artigos Esportivos Ltda
(98) 3221-5411
r Paz, 219, A, Centro
São Luís, Maranhão

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Dieta rica em vitaminas pode prolongar a vida

Fornecido por: 



20/05/2009

Uma dieta rica em vitaminas pode prolongar a vida

As vitaminas preservam as extremidades do DNA, podendo abrandar o envelhecimento, sugere estudo

Uma dieta rica em vitaminas pode ajudar as mulheres a viverem mais tempo, impedindo que partes de seu DNA encurtem, afirma um novo estudo.

Os telômeros, ou a porção final dos cromossomas, protegem os cromossomas contra danos. Eles encurtam ligeiramente quando as células são divididas, por isso, os pesquisadores especulam que impedindo este encurtamento seria possível proteger as novas células e assim reduzir os efeitos do envelhecimento.   "Este estudo fornece a primeira evidência epidemiológica de que o consumo de variadas vitaminas está associado a maiores telômerosentre as mulheres", disse o Dr. Honglei Chen, chefe do grupo Aging & Neuroepidemiology, parte do National Institute of Environmental Health Sciences, nos Estados Unidos.  "Ainda não está claro se essa associação é causal".

O relatório aparece na edição junho do American Journal of Clinical Nutrition.

Para o estudo, a equipe de Chen analisou dados de 586 mulheres que participaram do Sisters Study, que incluía mulheres que tiveram câncer de mama. Como parte desse estudo, as mulheres foram questionadas sobre o uso dos suplementos vitamínicos, ao longo de 12 anos. Os pesquisadores também colheram amostras de sangue.

 “Descobrimos que o uso de suplementos vitamínicos foi associado com leucócitos telômeros”, disse Chen. "Em comparação com os que não ingeriam suplementos diariamente, os que usavam tinham, em média, 5,1% mais leucócitos telômeros”.

Isso corresponde a cerca de 9,8 anos a menos de encurtamento dos telômeros, ressalvam os pesquisadores.
Mas, se as vitaminas preservam o comprimento dos telômerosou realmente prolongam a vida ainda não está claro para a comunidade cientifica, disse Chen.

"Nós não poderia excluir a possibilidade de que a associação poderia ser explicada por um estilo de vida saudável", disse ele. "Embora os telômerosde menor comprimento terem sido associados a uma mortalidade mais elevada e maior risco de doenças crônicas, é prematuro concluir que o uso de suplementos vitamínicos está associado com a redução do  processo de envelhecimento."

O estudo foi financiado pela os National Institutes of Health, dos Estados Unidos.

O Dr. David Katz, diretor do Prevention Research Center na Universidade de Medicina de Yale, nos Estados Unidos, afirma que existem conclusões contraditórias sobre o valor de tomar vitaminas, e que uma conclusão d...

Clique aqui para ler este artigo na SIS.Saúde

.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - Rua Cel. Corte Real, 75 - Bairro Petrópolis - 90630-080 Porto Alegre-RS
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: contato@sissaude.com.br. (51) 8575.3535