.
 

Depressão pode predizer eventos cardiovasculares Luís Correia PI

Estudo constatou que a depressão e a ansiedade podem ser sintomas de problemas cardiovasculares. "Entre mulheres com suspeita de isquemia miocárdica, o valor dos sintomas de depressão para a predição dos eventos cardiovasculares é variável de acordo com a gravidade da ansiedade", cita o autor. Confira os detalhes da pesquisa.

Francisco Xavier Mendes de Lima
(11) 2033-2229
R Padre Castelo Branco 1440 - Ed Unimagemcx Postal 82
Parnaiba, Piauí
Especialidade
Cardiologia

Dados Divulgados por
Francisco das Chagas Batista
(86) 3226-1314
R Paissandu 2140
Teresina, Piauí
Especialidade
Cardiologia

Dados Divulgados por
Francisco das Chagas Batista
(86) 3223-4566
Av Sao Raimundo 517 - /S
Teresina, Piauí
Especialidade
Cardiologia

Dados Divulgados por
Benedito de Carvalho Nunes
(86) 3222-3386
R Dezenove de Novembro 97 - Norte
Teresina, Piauí
Especialidade
Cardiologia

Dados Divulgados por
Antenor Lages Fortes Portela
(86) 3221-6242
Teresina, Piauí
Especialidade
Cardiologia

Dados Divulgados por
Thalles Cruz
(86) 3221-8240
R Governador Raimundo Artur de Vasconcelos 616
Teresina, Piauí
Especialidade
Cardiologia

Dados Divulgados por
Everardo de Paiva Maia
(86) 3221-1462
R Primeiro de Maio 171 - Norte S 1 Cardioprevencao
Teresina, Piauí
Especialidade
Cardiologia

Dados Divulgados por
Luiza Magna de Sa C J Batista
(86) 3226-1314
R Paissandu 2140
Teresina, Piauí
Especialidade
Cardiologia

Dados Divulgados por
Benedita Andrade Leal de Abreu
R Desembargador Pires de Castro 489 - S
Teresina, Piauí
Especialidade
Cardiologia

Dados Divulgados por
Joao Francisco de Sousa
(86) 3221-9080
R Governador Raimundo Artur de Vasconcelos 616 - S St Maria
Teresina, Piauí
Especialidade
Cardiologia

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Depressão pode predizer eventos cardiovasculares

Fornecido por: 



15/01/2010

Sintomas de depressão e ansiedade podem predizer eventos cardiovasculares, diz estudo

A pesquisa foi recentemente publicada na revista Psychosomatic Medicine

Entre mulheres com suspeita de isquemia miocárdica, o valor dos sintomas de depressão para a predição dos eventos cardiovasculares é variável de acordo com a gravidade da ansiedade, segundo pesquisa recentemente publicada na revista Psychosomatic Medicine. Estes resultados, de acordo com os autores, sugerem que a utilidade clínica das medidas de depressão pode ser melhorada através da utilização combinada com medidas de ansiedade.

Pesquisadores norte-americanos avaliaram os efeitos independentes e interativos da depressão e ansiedade como preditores de doença cardiovascular em uma amostra de 489 mulheres com suspeita de isquemia miocárdica. As participantes completaram o protocolo de avaliação basal, que incluiu angiografia coronariana, avaliação dos fatores de risco para doença cardiovascular, e medidas de sintomas de depressão e ansiedade através do Beck Depression Inventory (BDI) e do State Trait Anxiety Inventory (STAI). E foram acompanhadas por um período médio de 5,9 anos para a identificação da prevalência de acidente vascular encefálico, infarto agudo do miocárdio, insuficiência cardíaca e morte por doença cardiovascular.

Setenta e cinco mulheres (15,3%) apresentaram algum evento de doença cardiovascular, das quais 18 foram óbitos atribuídos a causas cardiovasculares. Foi observado um efeito de interação significativo entre o BDI x STAI na predição de eventos cardiovasculares (p=0,02). E as análises de efeitos simples indicaram que a depressão foi um preditor significativo de eventos cardiovascular entre mulheres com alto nível de ansiedade (HR 0,99).

Fonte: Psychosomatic Medicine. Volume 71, Number 9, 2009. Pages 958-964


Autor:
Fonte: Bibliomed


Clique aqui para ler este artigo na SIS.Saúde

.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - Rua Cel. Corte Real, 75 - Bairro Petrópolis - 90630-080 Porto Alegre-RS
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: contato@sissaude.com.br. (51) 8575.3535