.
 

Cursos de Organização Pessoal Natal, Rio Grande do Norte

Esta página disponibiliza informações sobre como o perfeccionismo pode prejudicar as pessoas, a relação entre perfeccionismo e transtornos alimentares e uma lista de empresas e profissionais especializados no assunto na cidade de Natal. Encontre abaixo empresas e profissionais da região de Natal que oferecem diversos produtos e serviços relacionados e ainda esclareça suas dúvidas sobre o binge, seus sintomas e efeitos nos doentes.

Daltier Recursos Humanos
(84) 3211-0606
r Princs Isabel, 523 an 4 sl 418 Cidade Alta
Natal, Rio Grande do Norte

Dados Divulgados por
Lato Sensu Complexo de Cursos Jurídicos do RN
(84) 3201-7689
av Bernardo Vieira,3484 an1 Lagoa Nova
Natal, Rio Grande do Norte

Dados Divulgados por
Lógica Treinamentos
(84) 3611-1682
r Mons Amâncio Ramalho, 2 Lagoa Nova
Natal, Rio Grande do Norte

Dados Divulgados por
Catho RN
(84) 3206-4194
r Dr José Gonçalves,1730 lj3
Natal, Rio Grande do Norte

Dados Divulgados por
Maranata Cursos
(84) 3654-2377
r Dr José Neves,173 Bom Pastor
Natal, Rio Grande do Norte

Dados Divulgados por
Preservice Recursos Humanos Ltda
(84) 3206-2917
av Cap M Gouveia,3005 lj 21
Natal, Rio Grande do Norte

Dados Divulgados por
M E Nyberg
(84) 3642-1414
r Walter Duarte Pereira,1487
Natal, Rio Grande do Norte

Dados Divulgados por
Perfil Consultoria em Recursos Humanos
(84) 3212-1141
r Mons José Paulino,1351 sl B to
Natal, Rio Grande do Norte

Dados Divulgados por
Mrh Gestão de Pessoas e Serviços
(84) 3201-0753
av Antônio Basílio,3006 salas8 e9 Lagoa Nova
Natal, Rio Grande do Norte

Dados Divulgados por
Marpe Consultoria em Recursos Humanos
(84) 3201-0705
av Antônio Basílio,3006 sl1
Natal, Rio Grande do Norte

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Binge: a perfeição pode levar ao descontrole

Fornecido por: 

     
 
Nem sempre o indivíduo perfeccionista é tão produtivo e pode ser até mesmo pouco hábil socialmente

Na vida diária, alguém perfeccionista pode ser admirado ou visto como padrão de comportamento a ser seguido. Essas atitudes muitas vezes podem ser entendidas de forma errada, pois nem sempre o indivíduo perfeccionista é tão produtivo assim e pode ser até mesmo pouco hábil socialmente.

“O perfeccionismo é uma faca de dois gumes”, diz Simon Sherry, pesquisador da Universidade de Halifax, no Reino Unido, e atualmente ligado à Universidade de Dalhousie, no Canadá. Seu novo estudo mostra que indivíduos com algum grau de perfeccionismo em suas vidas muitas vezes estão caminhando para problemas físicos, emocionais ou mentais – em especial para o binge. Menos fácil de ser diagnosticado – ao contrário da anorexia e da bulimia nervosa – o binge também é uma espécie de transtorno alimentar.

O binge ocorre quando uma pessoa perde o controle momentâneo, consumindo rapidamente uma grande quantidade de comida em um curto período de tempo. A condição é indicativa de riscos para o desenvolvimento da depressão, obesidade, diabete e outros problemas.

Sherry, que publicou seu estudo no periódico Journal of Personality and Social Psychology, trabalhou com Peter Hall, da Universidade de Waterloo, no Canadá. Os pesquisadores acompanharam um grupo amplo de universitários, observando se havia relação entre hábitos perfeccionistas e comportamento de binge.

Perfis de perfeccionistas
Além de confirmar a relação, Sherry e Hall apontam que há um perfil de perfeccionistas que está em maior risco: aquele que acredita que outras pessoas o estão avaliando criticamente, um tipo bastante diferente do perfeccionista autocrítico – que se caracteriza pelo temor da pessoa em estar sendo julgada constantemente por alguém próximo para que sua performance seja a melhor possível.

“Ao que parece, os perfeccionistas sofrem com a pressão diária. Essa inflexibilidade e as expectativas irreais sobre sua própria performance também podem criar problemas de relacionamento”, observa Sherry. Os pesquisadores apontam que o binge pode acabar sendo um modo de autoflagelo, que envolve dor – por conta da grande ingestão alimentar –, vergonha (fazer algo descontroladamente), sentimento de culpa e isolamento social (para não ter de admitir uma falha).

O binge, no final, acaba sendo uma forma de escapar de outros sentimentos que poderiam ter lugar a qualquer momento (fora do alcance do controle do perfeccionista). Pa...

Clique aqui para ler este artigo em SIS Saude

.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - Rua Cel. Corte Real, 75 - Bairro Petrópolis - 90630-080 Porto Alegre-RS
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: contato@sissaude.com.br. (51) 8575.3535