.
 

Cuidados Neonatais Barbalha CE

Encontre cuidados neonatais em Barbalha. Conheça os profissionais especializados desta área em sua região, aproveite e leia nossos artigos com tutoriais, dicas e informações relevantes sobre este assunto.

Jose Gonçalves Moreira Filho
(85) 3257-5566
Rua Silva Paulet 2690
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Medicina Intensiva

Dados Divulgados por
Irene de Castro Maia Nogueira
Av Antonio Sales 2933
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Estefania Mota Araripe Pereira
3223-8823
R Gilberto Camara 835
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Ana Francisca Moreira Martins
3279-8500
Av Oliveira Paiva- 1291
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Medicina do Trabalho

Dados Divulgados por
Gentil Claudino de Galiza Neto
3224-9129
R Silva Paulet 907
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Patologia

Dados Divulgados por
Francisco Joao da Silva
3486-6067
Av Dom Luis 1233
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Maria do Perpetuo S S da Cunha
3486-6165
Av Dom Luis 1233
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Patologia

Dados Divulgados por
Giovani Magalhaes Martins
3293-1268
Rod Doutor Mendel Steinbruch 3999
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Medicina do Trabalho

Dados Divulgados por
Amancio de Jesus Ferreira Costa
R Vicente Padilha 512
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Medicina do Trabalho

Dados Divulgados por
Edilson Gurgel Santos
3221-2800
R Doutor Joao Moreira 344
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Patologia

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Cuidados Neonatais

Fornecido por: 

Dados da Organização Mundial da Saúde apontam que anualmente, nascem 20 milhões de bebês prematuros, em todo o mundo. Os números justificam-se pelo aumento do número de gestações tardias – acima de 35 anos - e durante a adolescência. Essas crianças, que tiveram um desenvolvimento abaixo de 37 semanas, precisam de cuidados muito específicos e, graças aos avanços da área da saúde, hoje apresentam grandes chances de sobrevivência. “Nas últimas décadas, houve uma melhora consistente nas chances de sobrevida dos recém-nascidos. Isso se deve à incorporação crescente de novas tecnologias e práticas, tanto de novos aparelhos desenvolvidos quanto à melhor capacitação dos profissionais que atendem a esses bebês”, afirma Fabíola Tomaz Felizari, enfermeira especialista em UTI Neonatal e professora da ETECLA – Escola Vicentina Técnica de Enfermagem Catarina Labouré.

Os bebês que nascem antes de a gestação estar concluída apresentam os órgãos formados, entretanto as suas funções ainda estão imaturas, por isso o prematuro precisa de um atendimento personalizado e individualizado. “Houve uma grande evolução na forma como o recém-nascido passou a ser percebido: um indivíduo com o direito ao melhor cuidado disponível. Por essa visão, passou-se a buscar uma capacitação mais adequada e o maior comprometimento dos profissionais que fazem o atendimento ao bebê prematuro”, observa a enfermeira.   A tecnologia também se tornou uma aliada à saúde desses bebês. Hoje, as UTI’s neonatais contam com novos aparelhos e materiais, como, por exemplo, novos medicamentos, técnicas de ventilação mecânicas apropriadas para o recém-nascido e o cateter central de inserção periférica, que permanece mais tempo que o cateter normal. “Algumas técnicas de cuidado também evoluíram. Atualmente, utilizamos redes adaptadas para incubadoras, que permitem ao prematuro uma sensação semelhante a que ele tinha no útero materno, dando maior estabilidade à sua condição clínica”, exemplifica Fabíola.   Houve também uma conscientização sobre a importância dos pais na saúde do recém-nascido. Assim como os bebês saudáveis tem direito a ficarem permanentemente com suas mães, por meio do alojamento conjunto, os prematuros também ...

Clique aqui para ler este artigo na SIS.Saúde

.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - Rua Cel. Corte Real, 75 - Bairro Petrópolis - 90630-080 Porto Alegre-RS
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: contato@sissaude.com.br. (51) 8575.3535