.
 

Convivendo com a alergia respiratória Rio Branco, Acre

Saiba como amenizar as reações alérgicas. César Kurt descreve os cuidados do paciente alérgico. Lide com as situações do ambiente doméstico sem inconvenientes respiratórios. "Os alérgicos a ácaros, mofo e outras substâncias de fácil acúmulo não devem decorar a casa com cortinas e tapetes", recomenda o autor.

Guilherme Augusto Pulici
(68) 3224-6193
Av. Brasil 303
Rio Branco, Acre
Especialidade
Alergia e Imunologia

Dados Divulgados por
Edson MN Chaves
(68) 224-7163
r Francisco Mangabeira, 72, sl 103, Bosque
Rio Branco, Acre
 
Rio Branco Football Club
(68) 224-1479
tv Ceará, Sobral
Rio Branco, Acre
 
Dra Adriana Delgado Santelli
(68) 224-4754
r Hugo Carneiro, 379, Bosque
Rio Branco, Acre
 
Arnaldo TC Barbosa
(68) 224-7983
r Alvorada, 178, Bosque
Rio Branco, Acre
 
Guilherme Augusto Pulici
(68) 3224-6193
Av. Brasil 303
Rio Branco, Acre
Especialidade
Alergia e Imunologia

Dados Divulgados por
Laboratório Anat Patol e Citop DR Leon
(68) 225-7927
r Alvorada, 270, Bosque
Rio Branco, Acre
 
Madril Madeireira Rio Branco
(68) 226-3417
r Major Laislau Ferreira, 284
Rio Branco, Acre
 
Clínica Médica DR Paulino
(68) 224-9640
r Francisco Mangabeira, 72, sl 102, Bosque
Rio Branco, Acre
 
Antônio C Cruz Jr
(68) 224-0828
av Getulio Vargas, 1719, Centro
Rio Branco, Acre
 
Dados Divulgados por

Convivendo com a alergia respiratória

Fornecido por: 



03/11/2009

Alergia respiratória

Encontre respostas para todas as suas dúvidas sobre esse mal crônico

Pode ter cortina e tapete em casa?
Não pode. Mas essa restrição vale apenas para os alérgicos a ácaros, mofo e outras substâncias que se acumulam com facilidade dentro de casa. Isso porque cortinas, persianas e tapetes, principalmente os mais grossos, são uma moradia perfeita para essas partículas irritantes. Então, dê preferência a pisos laminados, que podem ser facilmente higienizados com um pano úmido. E, se insistir em ter uma cortina, prefira as de tecido leve. E não se esqueça de lavá-la uma vez por semana pelo menos.

Pode usar umidificador à vontade?
Não pode. Assim como um ambiente seco irrita o nariz dos alérgicos, a umidade excessiva também é nociva -- os fungos adoram ambientes úmidos. E eles, além de capazes de desencadear uma crise alérgica, servem de alimento para os ácaros. Por isso, em dias secos, prefira umedecer a mucosa com soro fisiológico. Beber bastante líquido é outra forma de combater a secura, assim como colocar panelas com água morna na sala ou no quarto.

Pode lavar a roupa de cama só uma vez por semana?
Pode, mas esse é o mínimo recomendado. Se possível, lave-a duas vezes a cada sete dias. Assim você evita o acúmulo de pele morta - um dos alimentos preferidos dos ácaros - nos lençóis. É que esses bichinhos vão tomando conta do seu lugar de descanso e aí não faltarão espirros, coceiras e, conseqüentemente, noites mal-dormidas. Outro truque para driblar a alergia é, logo após acordar, juntar toda a roupa de cama com cuidado e sacudi-la fora de casa. Se possível, coloque-a sob o sol para torrar todos os alérgenos.

Pode usar qualquer tipo de roupa de cama e cobertor?
Não pode. Quem tem alergia deve tomar cuidado especial com os cobertores de lã, pois acolhem as mais diversas partículas, entre elas as que desencadeiam crises alérgicas. Prefira lençóis e edredons de algodão que, aliás, fazem suar menos do que os de tecido sintético. E, com menos suor, há menos descamação, o que significa pouca comida para você já sabe quem. Os especialistas também recomendam capas protetoras anti-ácaro.

Pode ter roupa de lã?
Não pode. Como já dissemos, esse tecido é uma residência e tanto para ácaros, fungos e por aí vai. Mas se não tiver jeito, pelo menos lave o conjunto freqüentemente e nunca, mas nunca mesmo, tire aquele casaco que ficou meses no guarda-roupa para logo em seguida vesti-lo. Isso porque nesse tem...

Clique aqui para ler este artigo na SIS.Saúde

.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - Rua Cel. Corte Real, 75 - Bairro Petrópolis - 90630-080 Porto Alegre-RS
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: contato@sissaude.com.br. (51) 8575.3535