.
 

Consultório de Pneumologia Rio Branco, Acre

Encontre consultório de pneumologia em Rio Branco. Conheça os profissionais especializados desta área em sua região, aproveite e leia nossos artigos com tutoriais, dicas e informações relevantes sobre este assunto.

Antonio Lisboa Carneiro Braga
(68) 3223-9023
Rua Alvorada 178 - Centro Médico/Sala 08
Rio Branco, Acre
Especialidade
Medicina do Trabalho

Dados Divulgados por
Med Medicina Diagnóstico
(68) 3223-3705
av Getúlio Vargas, 1940 Bosque
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
Clinisaúde
(68) 3223-4054
r Mal Deodoro,690 Capoeira
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
Clinicas Reuniodas
(68) 3223-6008
r José Melo, 107 Q.107 sL.80 Bosque
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
Centro Acreano de Pesquisa e Assistência Integrada
(68) 3223-5588
r Goldwasser Santos, 31 Bosque
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
Gilcilene de Souza Almada Pereira de Araujo
R Rua Dom Bosco 573
Rio Branco, Acre
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Clínica Santa Lúcia
(68) 3224-8057
av Getúlio Vargas, 1919 s 2 Bosque
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
Consultório Médico
(68) 3222-7170
r Epaminondas Jacome, 178 Cadeia Velha
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
Clini Parque
(68) 3224-1077
Tv Campo do Rio Branco, 313 Capoeira
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
Clínica Centrocor
(68) 3223-5193
r Alvorada, 54 Bosque
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Consultório de Pneumologia

Fornecido por: 

A transmissão é feita principalmente pelas fezes, porém, as partículas das penas também são nocivas ao homem

Os pombos são conhecidos como símbolo da paz, entretanto, podem se tornar um verdadeiro transtorno para a população quando em grande número. Essas aves podem causar danos à saúde e ao ambiente. Segundo o pneumologista do Hospital Nossa Senhora das Graças, João Adriano de Barros existem três tipos de doenças transmitidas pelos pombos: infecções bacterianas ou por fungos, reações alérgicas e doença intersticial pulmonar, que pode cursar com fibrose pulmonar. “São transmitidas principalmente pelas fezes, porém, as partículas das penas também podem provocar doenças”, explica.

Os perigos das infecções bacterianas ou por fungos estão relacionados a um processo infeccioso agudo, subagudo ou crônico. Em alguns casos é necessário internamento na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) ou pode levar à morte. A pessoa contaminada pode sentir calafrios, ter febre e sudorese. Entre os sintomas pulmonares estão tosse, presença de escarro, falta de ar e dor torácica. “Esta doença pode também comprometer outros órgãos, como o sistema nervoso central, podendo provocar alteração do nível de consciência, crises convulsivas, sonolência até levar ao coma”, explica. De acordo com o pneumologista, o tratamento depende do causador da infecção e pode ser feito via oral ou endovenoso, com o uso de antibióticos para bacteriana e para infecção fúngica, os antifúngicos.

A doença intersticial pulmonar atinge os dois pulmões. Os sintomas mais comum são falta de ar, insuficiência respiratória aguda e tosse – no início sem catarros. O tratamento é realizado com o uso de antiflamatórios hormonais, dos corticóides orais e também imunossupressores para reduzir a reação inflamatória. Para casos graves, os medicamentos podem ser utilizados via endovenosa. “Quando não tratada precocemente, a doença pode evoluir para uma fibrose pulmonar sem chances de recuperação. Em alguns casos é possível fazer o transplante pulmonar”, esclarece.

As reações alérgicas que podem ser causadas pelos pombos são das vias respiratórias, especialmente a rinite e a rinossinusite e a asma brônquica. Entre os sintomas estão espirros, obstrução nasal, coriza, dor de cabeça, dor no rosto e sensação de congestão nasal. A a...

Clique aqui para ler este artigo na SIS.Saúde

.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - Rua Cel. Corte Real, 75 - Bairro Petrópolis - 90630-080 Porto Alegre-RS
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: contato@sissaude.com.br. (51) 8575.3535