.
 

Consultório de Ortopedista Atibaia, São Paulo

Encontre consultório de ortopedista em Atibaia. Conheça os profissionais especializados desta área em sua região, aproveite e leia nossos artigos com tutoriais, dicas e informações relevantes sobre este assunto.

Marcos Welber Nascimento
(11) 4892-1233
Av Antonio Pires Pimentel 1002
Braganca Paulista, São Paulo
Especialidade
Medicina do Trabalho

Dados Divulgados por
Clinica Maio
(69) 3226-1670
r Mane Garrincha 2900
Porto Velho, Rondônia

Dados Divulgados por
Clinica Porto Velho
(69) 3224-2941
av Carlos Gomes 770 Caiari
Porto Velho, Rondônia

Dados Divulgados por
Maria Cristina de Pp Lorenzon
Av Feijo 713
Araraquara, São Paulo
Especialidade
Medicina Nuclear

Dados Divulgados por
Roberto Vaz Piesco
(14) 3815-3030
Rua Reverendo Francisco Lotufo 96
Botucatu, São Paulo
Especialidade
Medicina de Tráfego

Dados Divulgados por
Clinica Ela
(69) 3221-7844
r Joaquim Nabuco 2718 São Cristovão
Porto Velho, Rondônia

Dados Divulgados por
Clinica Medica Dr. Carlos Mamed
(69) 3224-7504
r Dom Pedro II 1707 São Cristovão
Porto Velho, Rondônia

Dados Divulgados por
Clinica Otorrinolaringologia
(69) 3223-8335
r Paulo Leal 381 - 1 S 102 Centro
Porto Velho, Rondônia

Dados Divulgados por
Paulo Engler Pinto Jr.
(11) 3081-9791
Rua Cacapava 49 - Cj. 34
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Jeronymo Stecca
(11) 3232-8624
Rua Cel Jose Pedro de Oliveira 710
Sorocaba, São Paulo
Especialidade
Patologia

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Consultório de Ortopedista

Fornecido por: 

A hérnia de disco é consequência do desgaste da estrutura entre as vértebras que, na prática, funcionam como “amortecedores” naturais do impacto entre elas. Assim, quando a estrutura se desloca, acaba comprimindo os nervos da região e causando dores e até incapacidades motoras. No entanto, quando não tratada, a hérnia de disco pode causar problemas mais graves, podendo até levar o paciente a ficar tetraplégico em casos extremos, como um relatado recentemente na novela Viver a Vida∗.

“Ao não tratar a hérnia de disco adequadamente, além de lidar com as dores e desgastar ainda mais as vértebras, os pacientes podem sofrer com problemas decorrentes da doença. Já, quando diagnóstica - de acordo com o caso, a doença pode ser tratada por meio de fisioterapia, medicamentos (prescritos por um médico) e exercícios físicos bem orientados, como pilates e musculação”, explica Helder Montenegro, fisioterapeuta osteopata e fundador do Instituto de Tratamento da Coluna Vertebral.

Hérnia de disco

Segundo pesquisa publicada na Revista da Academia Americana de Cirurgiões Ortopédicos, apenas 10% das hérnias de disco necessitam de cirurgia para serem tratadas, ou seja, tratamentos convencionais como a fisioterapia, medicamentos prescritos por um médico e exercícios físicos podem solucionar 90% das hérnias.

“A idade média para o aparecimento da primeira crise de dor é de aproximadamente 37 anos e pelo menos há uma década, em 76% dos casos, há antecedente de dor lombar. Com estes estudos sendo apresentados, muitos pacientes têm evitado a cirurgia no primeiro momento e buscado técnicas como a Reconstrução Músculo-Articular da Coluna Vertebral, que une o trabalho da fisioterapia manual com a tecnologia das mesas de tração e descompressão e do Stabilizer - equipamento que condiciona o paciente a usar o músculo transverso do abdômen, e exercícios de musculação”, completa o fundador do Instituto de Tratamento da Coluna Vertebral.

www.herniadedisco.com.br.

Sobre o ITC Vertebral

O Instituto de Tratamento da Coluna Vertebral, fundado pelo professor de pós-graduação e fisioterapeuta Helder Montenegro, oferece a técnica exclusiva de “Reconstrução Músculo-Articular da Coluna Vertebral - RMA da Coluna Vertebral”, que utiliza técnicas da Fisioterapia Manipulativa, Mesa de Traçã...

Clique aqui para ler este artigo na SIS.Saúde

.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - Rua Cel. Corte Real, 75 - Bairro Petrópolis - 90630-080 Porto Alegre-RS
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: contato@sissaude.com.br. (51) 8575.3535