.
 

Conheça os benefícios da terapia cognitivo-comportamental Rio Branco, Acre

Entenda a metodologia da terapia cognitivo-comportamental. A psicóloga Ângela Leggerini de Figueiredo comenta os benefícios dessa prática. "A terapia está aliada ao campo comportamental, que aborda as condições biológicas e ambientais, das quais proporcionam a emissão de determinado comportamento", destaca o autor.

Débora Cristina dos Santos
(68) 3226-1347
r Rio de Janeiro 1124, Abrahão Alab
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
Carolina Sátiro Macêdo
(68) 9207-0018
r Copacabana, 148 s 203 Cj Village, Centro
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
Débora Cristina dos Santos
(68) 3226-1347
r Rio de Janeiro 1124, Abrahão Alab
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
DR Deusmar Singui Fl
(68) 224-5644
av Brasil, 303, sl 207 an 2, Base
Rio Branco, Acre
 
Gisela da Costa Mascarenhas
(68) 224-9389
r Grêmio Atlético Sampaio, 67, José Augusto
Rio Branco, Acre
 
Fabiana Pescador
(68) 3223-7915
av Brasil 303 - 7 s 702, Centro
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
Fabiana Pescador
(68) 3223-7915
av Brasil 303 - 7 s 702, Centro
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
Carolina Sátiro Macêdo
(68) 9207-0018
r Copacabana, 148 s 203 Cj Village, Centro
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
DR Savio Costa Psiquiatra
(68) 223-7207
r Guiomard Santos, 310, Bosque
Rio Branco, Acre
 
Clinorl Clínica de Otorrinolaringologia
(68) 224-0828
av Getulio Vargas, 1729, Centro
Rio Branco, Acre
 
Dados Divulgados por

Conheça os benefícios da terapia cognitivo-comportamental

Fornecido por: 



27/05/2009

Terapias Cognitivo-comportamentais. Como nossos comportamentos são formados?

Confira a entrevista com a psicóloga Ângela Leggerini de Figueiredo, em exclusividade ao SIS.Saúde

As terapias Cognitivo-comportamentais (TCC’s) surgiram ao longo do último século. A palavra “cognitivo”, que diz respeito à influência do pensamento sobre o afeto e emoções da pessoa, considera a pessoa como um ser biopsicossocial. Aliado ao campo comportamental, que aborda as condições biológicas e ambientais que propiciam ou não a emissão de determinado comportamento, os moldes atuais das TCC’s evidenciam considerável sucesso terapêutico.   Assim, as TCC’s entendem como as pessoas interpretam seus eventos de vida, e em quais circunstâncias determinados comportamentos apresentam maior probabilidade de serem associados ao rol de condutas de cada pessoa. Dessa maneira, o estudo integrado entre pensamento-comportamento é explicativo de condições de saúde ou doença psicológica, sendo as técnicas dessa terapia condizentes com as patologias em questão.   Sua efetividade tem sido descrita em várias publicações científicas, sendo considerada como tratamento eficaz em uma série de patologias, tais como dependência química, transtornos de humor, de personalidade, etc.   Nesse sentido, o SIS.Saúde conversou com a Psicóloga Ângela Leggerini de Figueiredo, especialista em Terapias Cognitivo-Comportamentais, Mestre em Psicologia Clínica e Doutoranda em Psicologia (PUCRS). É docente em cursos de pós-graduação em diversas instituições (PUCRS, UNISINOS, INFAPA, WP) e possui inúmeras publicações e apresentações em congressos na área. Ela comenta sobre as TCC’s, abordando a história e a situação atual, de modo a propiciar um panorama geral. Confira.   SIS.Saúde: Dra. Ângela, as TCC’s são muito comentadas nos dias de hoje. Contudo, sabemos que em outros países, como Estados Unidos, as TCC’s são empregadas há muito tempo. Comente um pouco dessa história: como as TCC’s surgiram e como chegou ao Brasil.   Dra. Ângela: A história das TCC’s, tendo como parâmetro outras abordagens, como a psicanálise por exemplo, é bem recente. O ponto de início dessas abordagens ocorreu com Aaron Beck e Albert Ellis na década de 60, o que historicamente é pouco tempo.   No Brasil, a TCC iniciou a partir de profissionais específicos, que, por conta própria, foram fazer sua formação no exterior e começa...

Clique aqui para ler este artigo na SIS.Saúde

.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - Rua Cel. Corte Real, 75 - Bairro Petrópolis - 90630-080 Porto Alegre-RS
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: contato@sissaude.com.br. (51) 8575.3535