.
 

Conheça a prática da medicina ortomolecular Volta Redonda, Rio de Janeiro

Entenda as origens da medicina ortomolecular. O especialista Marcos Natividade explica os benefícios dessa prática. "O tratamento funciona por meio da avaliação funcional, mineralograma capilar e saliva, com isso é possível diagnosticar quais são os nutrientes em falta, deixando o organismo suscetível às doenças", cita o autor.

Patrícia Ferreira Dalboni
(24) 3348-8888
Rua Quarenta 20 (sala 508)
Volta Redonda, Rio de Janeiro
Especialidade
Medicina Estetica

Dados Divulgados por
Asilo da Velhice Desamparada
(22) 2772-7442
Rua Luis Belegard 540
Macae, Rio de Janeiro
Especialidade
Medicina Nuclear

Dados Divulgados por
Vanderson Almeida Meirelles
(21) 7836-8466
Rau das Larangeiras 146
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
Especialidade
Medicina Intensiva

Dados Divulgados por
Fernando Mauro Junqueira Bastos
(21) 2256-3618
Rua Tonelero 59 - 101
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
Especialidade
Medicina do Trabalho

Dados Divulgados por
Gloria Regina Dacheux Mazzaroppi
255-6863
R. Alm. Tamandare 66 - 624
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Larissa Correa Prieto
Est. Francisco da Cruz Nunes 5803
Niteroi, Rio de Janeiro
Especialidade
Medicina Intensiva

Dados Divulgados por
Alexandre Mônaco
(21) 2719-7680
R Miguel de Frias 77 - Sl. 813 a 816
Niteroi, Rio de Janeiro
Especialidade
Medicina Intensiva

Dados Divulgados por
Rosely Veneu Pinheiro
(21) 2234-7517
R Carmela Dutra 96
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Cristovão Fonseca Labuto Junior
(21) 2756-0114
Ginecologia e Obstetrícia Medicina Intensiva
Sao Joao de Meriti, Rio de Janeiro
Especialidade
Medicina Intensiva

Dados Divulgados por
Dorivaldo Rodrigues Carvalho
(21) 3399-3848
Av. Mem de Sá 152
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
Especialidade
Medicina Legal

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Conheça a prática da medicina ortomolecular

Fornecido por: 



21/09/2009

Medicina Ortomolecular

Confira entrevista com o Dr. Marcos Natividade, exclusivamente para o SIS.Saúde

Reestabelecer o equilíbrio do organismo. Eis o objetivo da medicina ortomolecular. Para os profissionais que trabalham nessa especialidade, o pressuposto que nosso organismo é formado de substâncias químicas, que interagem a todo momento, explica os processos de saúde e doença, ou equilíbrio versus desequilíbrio.

Embora muitos afirmem que essa ciência possua antecedentes milenares, foi oficialmente na década de 60 que sua prática começou a ser difundida. Hoje, muitos quadros psicopatológicos podem se beneficiar desse método, e por essa razão o SIS.Saúde conversou com o Dr. Marcos Natividade, médico e especialista na área.

Dr. Marcos é uma autoridade no assunto. Possui três livros publicados e mantem um site com uma quantidade expressiva de materiais informativos e vídeos. Ele nos comenta sobre a história da medicina ortomolecular, suas recomendações e a inserção junto às políticas públicas de saúde. Confira!

 SIS.Saúde: Comente um pouco sobre a história da medicina ortomolecular.

MN: A Medicina Ortomolecular foi desenvolvida pelo bioquímico Linus Pauling, um norte americano, no ano de 1968, após enfrentar uma doença renal rara e mortal, controlada pela ação do equilibrio dos nutrientes. Linus acreditava que as doenças são resultados de desequilíbrios químicos. Então, o objetivo primordial do tratamento é restabelecer o equílibrio químico do organismo. Este acerto (orto=certo) das moléculas se dá através do uso de substâncias e elementos naturais, sejam vitaminas, minerais, aminoácidos e outros nutrientes. Esses elementos, além de proporcionarem um reequilíbrio bioquímico, combatem os radicais livres, responsáveis por enfraquecer o controle de defesa do organismo, resultando em doenças e envelhecimento.   O tratamento funciona de maneira simples. Por meio de exames específicos como a Avaliação Funcional, mineralograma capilar, saliva, e exames também utilizados pela medicina tradicional (urina e sangue), é possível diagnosticar quais são os nutrientes (aminoácidos, vitaminas, proteínas, etc) que estão em falta no organismo causando o desequilíbrio e deixando o organismo suscetível às doenças. Com este primeiro diagnóstico, inicia-se o tratamento através da reposição dos nutrientes. Também indicamos uma reeducação alimentar e atividades físicas.   S...

Clique aqui para ler este artigo na SIS.Saúde

.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - Rua Cel. Corte Real, 75 - Bairro Petrópolis - 90630-080 Porto Alegre-RS
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: contato@sissaude.com.br. (51) 8575.3535