.
 

Clínica de Olhos Santo Antônio do Tauá PA

Encontre clínica de olhos em Santo Antônio do Tauá. Conheça os profissionais especializados desta área em sua região, aproveite e leia nossos artigos com tutoriais, dicas e informações relevantes sobre este assunto.

Mario Fernando Ribeiro de Miranda
(91) 241-1048
Av Alm Wandenkolk 1243 - Sala 704
Belem, Pará
Especialidade
Patologia

Dados Divulgados por
Manoel de Almeida Moreira
(91) 223-0692
Rua Antonio Barreto 380
Belem, Pará
Especialidade
Patologia

Dados Divulgados por
Maria de Fatima Mesquita Jorge Joao
Trav.Ove de Janeiro 2110 - Sala 1601Ed. Wall Street
Belem, Pará
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Priscilla Leite Dias
(91) 3222-6145
R Ferreira Cantao 454 - Sala 01
Belem, Pará
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Light Depil Belém
(91) 3347-6616
Passagem São Raimundo, 117
Belém, Pará
Especialidade
Depilação a luz Pulsada

Anatomo Patologistas Associados S/A
R Ferreira Cantao 454 - S/2
Belem, Pará
Especialidade
Patologia

Dados Divulgados por
Fernando Antonio Martins
(91) 3236-4186
Av. Duque de Caxias 1540
Belem, Pará
Especialidade
Administração em Saúde

Dados Divulgados por
Diana Ecila Tavares Acatauassu Teixeira
913-2424
Tv Quatorze de Marco 1299
Belem, Pará
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Dr. Murillo Teixera Chaves
(91) 3228-3672
Av. Alcindo Cacela 1264 sala 107
Belém, Pará
Especialidade
Angiologia e cirurgia

Clínica Intercol
(91) 3241-6170
r Diogo Moia, 319
Belém, Pará

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Clínica de Olhos

Fornecido por: 

Quem quer trocar a cor dos olhos encontra mais de um milhão de ofertas nos sites de busca da Internet. Mas ficar com os olhos claros pode significar risco de cegueira. Este foi o caso do adolescente de Marília, interior de São Paulo, que perdeu a visão do olho esquerdo nesta quarta-feira, dia 9, depois de dormir com lentes coloridas.

Um estudo conduzido pelo oftalmologista do Instituto Penido Burnier, Leôncio Queiroz Neto, mostra que 2 em cada 10 brasileiros que usam lente de contato têm complicações na córnea. O uso prolongado responde por 45% das lesões, alergia por 35% e manutenção incorreta por 20%. Desde setembro tramita na Câmara Federal parecer do CFM (Conselho Federal de Medicina) para que a indicação, adaptação e prescrição de lentes de contato sejam feitas exclusivamente por oftalmologistas, mas até agora o procedimento não é regulamentado.

De acordo com Queiroz Neto as complicações oculares atingem mais quem compra lentes em farmácias ou óticas sem prescrição médica. Isso porque, explica, para evitar ferimentos na córnea é necessário analisar a curvatura e relevo da córnea, avaliar o filme lacrimal, fazer exames de refração e fundo de olho, além de utilizar lentes para teste. Significa que nem toda pessoa pode usar lente de contato. Quem tem baixa produção lacrimal ou doenças alérgicas pode não ter uma boa adaptação, exemplifica. “O problema é que por serem gelatinosas as lentes cosméticas dificilmente provocam desconforto. Isso faz muitos adolescentes acreditarem que dá para dormir com elas. Mesmo as indicadas para uso noturno devem ser retiradas dos olhos antes de dormir porque à noite a produção da lágrima é menor”, afirma. Dormir com lentes de contato ou usar além do tempo prescrito reduz a oxigenação da córnea. Isso aumenta em até dez vezes a chance de contrair contaminação da por bactérias que podem levar à ulcera corneana e consequentemente à cegueira.

Outro erro comum apontado por Queiroz Neto é lavar a lente e o estojo com soro fisiológico, invés de usar as soluções multiuso indicadas para a boa higienização. Isso porque, comenta, o soro fisiológico não contém conservantes e por isso se torna um campo fértil para a proliferação de bactérias e fungos.

As principais recomendações para quem quer trocar a cor dos olhos ou substituir os óculos de grau por...

Clique aqui para ler este artigo na SIS.Saúde

.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - Rua Cel. Corte Real, 75 - Bairro Petrópolis - 90630-080 Porto Alegre-RS
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: contato@sissaude.com.br. (51) 8575.3535