.
 

Centro de tratamento de diabetes Poços de Caldas, Minas Gerais

Encontre centro de tratamentode diabetes em Poços de Caldas. Conheça os profissionais especializados desta área em sua região, aproveite e leia nossos artigos com tutoriais, dicas e informações relevantes sobre este assunto.

Marcio Luis de Souza Alves
(35) 3712-3000
Rua Paraiba 672
Pocos de Caldas, Minas Gerais
Especialidade
Medicina de Urgência

Dados Divulgados por
Paulo Cesar Ferreira Lopes
323-2153
Rua Santo Antonio 1500 - 510
Juiz de Fora, Minas Gerais
Especialidade
Medicina do Trabalho

Dados Divulgados por
Alduir Bento
3291-2064
R Paracatu 838 - Sala 506
Belo Horizonte, Minas Gerais
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Anatomia Patologica e Citologia Ltda
(31) 3482-8005
R. Gustavo Pena 44 - 7º Andar
Belo Horizonte, Minas Gerais
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Rodrigo Martins Sales
(31) 3449-7011
Av. Antonio Carlos 1694 - Sl 11
Belo Horizonte, Minas Gerais
Especialidade
Medicina Intensiva

Dados Divulgados por
Dimen Poços de Caldas
(35) 3714-3721
Av. Joao Pinheiro 6180
Pocos de Caldas, Minas Gerais
Especialidade
Medicina Nuclear

Dados Divulgados por
Denise Batista da Cunha
(31) 3274-4409
Rua Doutor Jarbas Vidal Gomes 30 - Sala 301
Belo Horizonte, Minas Gerais
Especialidade
Medicina do Trabalho

Dados Divulgados por
Francisco Ricardo Gomes Bueno
329-2664
R Timbiras 3156 - 1 Andar
Belo Horizonte, Minas Gerais
Especialidade
Patologia

Dados Divulgados por
Jose Henrique Macedo Cerqueira
3275-4499
Av do Contorno 9797
Belo Horizonte, Minas Gerais
Especialidade
Patologia

Dados Divulgados por
Marco Victor Hermeto
(31) 3283-9932
Av Contorno 4747 - Sala 1613/1614 Ed Lifecenter
Belo Horizonte, Minas Gerais
Especialidade
Medicina Intensiva

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Centro de tratamento de diabetes

Fornecido por: 

Sempre se acreditou que a prática de exercícios físicos fosse uma das melhores maneiras no combate ao diabetes. Entretanto, pesquisadores alemães acreditam que a ingestão de suplementos vitamínicos podem acabar com esses possíveis efeitos benéficos.

Os resultados do trabalho, liderado pelo nutricionista Michael Ristow, estão na edição online dessa semana da revista científica americana PNAS (Proceedings of the National Academy of Sciences), que deverá ser impressa ainda nas próximas semanas. Os pesquisadores verificaram que o consumo dos suplementos alimentares pode colocar o efeito benéfico do exercício físico a perder, em especial no que se refere à prevenção contra o diabetes.

A pesquisa consistiu da analise de 40 homens adultos saudáveis que iniciaram um programa de exercícios físicos. Eles foram divididos em dois grupos: Um deveria ingerir suplementos das vitaminas C e E; enquanto o segundo deveria manter sua dieta normalmente. "Se exercitar mais" muitas vezes é a primeira recomendação dada por médicos para pessoas com risco de diabetes, pois, melhora a sensibilidade do corpo à insulina.

Entretanto, os sinais de uma melhora no metabolismo da insulina foram praticamente anulados nas pessoas que ingeriam os suplementos de vitaminas. Os especialistas acreditam que isso ocorra devido à ação antioxidante que as vitaminas C e E possuem. Ao se praticar exercícios, as células musculares metabolizam a glicose. Nesse processo, alguns radicais livres (moléculas de oxigênio altamente reativas) são liberados e atacam o organismo.

Segundo a teoria do envelhecimento, o montante de radicais livres liberados aumenta com o passar dos anos, sendo a principal causa do comprometimento do  organismo. Como as vitaminas C e E possuem efeito antioxidante, acabando com os radicais livres, seria como se o corpo não "sentisse" os efeitos do exercício.

Contudo, o Dr. Ristow afirma que o conselho não se aplica aos frutos e produtos agrícolas, pois, mesmo que estes sejam ricos em vitamina antioxidantes, as frutas possuem outras substâncias benéficas que anulam o efeito negativo das vitaminas C e E. Dr. Ronald Kahn, co-autor do estudo, acredita que pequenas doses de radicais livres são necessárias, porque minimizam os efeitos destrutivos da ação oxidante das células. Mas, uma quantidade elevada de antioxidantes parece ser prejudicial à saúde.

Os autores ressalvam que mais estudos devem ser efetuadso, porque todos os tra...

Clique aqui para ler este artigo na SIS.Saúde

.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - Rua Cel. Corte Real, 75 - Bairro Petrópolis - 90630-080 Porto Alegre-RS
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: contato@sissaude.com.br. (51) 8575.3535