.
 

Centro de tratamento de diabetes Alagoinhas, Bahia

Encontre centro de tratamentode diabetes em Alagoinhas. Conheça os profissionais especializados desta área em sua região, aproveite e leia nossos artigos com tutoriais, dicas e informações relevantes sobre este assunto.

O Bioquimico Diagnostico Laboratorial
(75) 3422-1333
Rua Vinte e Quatro de Maio 258 - Casa
Alagoinhas, Bahia
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Grayson Amorim Tenorio
(75) 3421-1474
Rua Marechal Deodoro
Alagoinhas, Bahia
Especialidade
Foniatria

Dados Divulgados por
Gilson Soares Feitosa Filho
(71) 2203-8214
Praça Almeida Couto 500
Salvador, Bahia
Especialidade
Medicina Intensiva

Dados Divulgados por
Luiz Fernando Ferreira de Pinho
(71) 3331-6331
R João das Botas 14 - Centro Médico João das Botas S/406408
Salvador, Bahia
Especialidade
Medicina Intensiva

Dados Divulgados por
Virginia Silva Lago
(71) 3358-2442
Av Acm 454 - Ed. Office Center S/301
Salvador, Bahia
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
João Lúcio Ribeiro Cruz
(75) 3422-2010
Praca Ruy Barbosa 143
Alagoinhas, Bahia
Especialidade
Patologia

Dados Divulgados por
Maria de Fátima Martins Fortuna
(71) 3357-8800
Av Dom João Vi 1291 - Hospital Evangélico da Bahia
Salvador, Bahia
Especialidade
Medicina Intensiva

Dados Divulgados por
Fernando Antonio de Castro Guedes
(71) 3348-7383
Av. Antonio Carlos Magalhães 846 - Sala 314
Salvador, Bahia
Especialidade
Medicina de Família e Comunidade

Dados Divulgados por
Grimaldo dos Santos
(71) 3321-3855
Av Sete de Setembro 88 - Ed.B.R.Branco S/315
Salvador, Bahia
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Maria Áurea Sapucaia Câmera
713-3213
Av Sete de Setembro 71 - Ed Executivo S/613614 6º Andar
Salvador, Bahia
Especialidade
Medicina do Trabalho

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Centro de tratamento de diabetes

Fornecido por: 

Sempre se acreditou que a prática de exercícios físicos fosse uma das melhores maneiras no combate ao diabetes. Entretanto, pesquisadores alemães acreditam que a ingestão de suplementos vitamínicos podem acabar com esses possíveis efeitos benéficos.

Os resultados do trabalho, liderado pelo nutricionista Michael Ristow, estão na edição online dessa semana da revista científica americana PNAS (Proceedings of the National Academy of Sciences), que deverá ser impressa ainda nas próximas semanas. Os pesquisadores verificaram que o consumo dos suplementos alimentares pode colocar o efeito benéfico do exercício físico a perder, em especial no que se refere à prevenção contra o diabetes.

A pesquisa consistiu da analise de 40 homens adultos saudáveis que iniciaram um programa de exercícios físicos. Eles foram divididos em dois grupos: Um deveria ingerir suplementos das vitaminas C e E; enquanto o segundo deveria manter sua dieta normalmente. "Se exercitar mais" muitas vezes é a primeira recomendação dada por médicos para pessoas com risco de diabetes, pois, melhora a sensibilidade do corpo à insulina.

Entretanto, os sinais de uma melhora no metabolismo da insulina foram praticamente anulados nas pessoas que ingeriam os suplementos de vitaminas. Os especialistas acreditam que isso ocorra devido à ação antioxidante que as vitaminas C e E possuem. Ao se praticar exercícios, as células musculares metabolizam a glicose. Nesse processo, alguns radicais livres (moléculas de oxigênio altamente reativas) são liberados e atacam o organismo.

Segundo a teoria do envelhecimento, o montante de radicais livres liberados aumenta com o passar dos anos, sendo a principal causa do comprometimento do  organismo. Como as vitaminas C e E possuem efeito antioxidante, acabando com os radicais livres, seria como se o corpo não "sentisse" os efeitos do exercício.

Contudo, o Dr. Ristow afirma que o conselho não se aplica aos frutos e produtos agrícolas, pois, mesmo que estes sejam ricos em vitamina antioxidantes, as frutas possuem outras substâncias benéficas que anulam o efeito negativo das vitaminas C e E. Dr. Ronald Kahn, co-autor do estudo, acredita que pequenas doses de radicais livres são necessárias, porque minimizam os efeitos destrutivos da ação oxidante das células. Mas, uma quantidade elevada de antioxidantes parece ser prejudicial à saúde.

Os autores ressalvam que mais estudos devem ser efetuadso, porque todos os tra...

Clique aqui para ler este artigo na SIS.Saúde

.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - Rua Cel. Corte Real, 75 - Bairro Petrópolis - 90630-080 Porto Alegre-RS
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: contato@sissaude.com.br. (51) 8575.3535