.
 

Centro de Pediatria Corumbá, Mato Grosso do Sul

Encontre centro de pediatria em Corumbá. Conheça os profissionais especializados desta área em sua região, aproveite e leia nossos artigos com tutoriais, dicas e informações relevantes sobre este assunto.

Lucia Maia Peron
(67) 3325-4041
R Rua da Paz 561 - Sala 04
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Mais Campo Grande Ms
(67) 3322-2100
Pedro Celestino 2670
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
Especialidade
Medicina de Família e Comunidade

Dados Divulgados por
Stela Regina Vidigal
(67) 3421-4329
Av.Presidente Vargas 1430
Dourados, Mato Grosso do Sul
Especialidade
Patologia

Dados Divulgados por
Centro Médico
(67) 3321-2988
r 15 de Novembro, 1017 Centro
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
MASSAGEM TERAPÊUTICA E RELAXANTE COM ALENCASTRO
(67) 9981-6620 3321-1632
RUA 15 DE NOVEMBRO, 1592 - CENTRO
CAMPO GRANDE MS, Mato Grosso do Sul
Especialidade
MASSAGEM

Kazuko Kakitani Iguma
(67) 3422-8222
R Camilo Ermelindo da Silva 459
Dourados, Mato Grosso do Sul
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Maria Abrahao N. Ribeiro Lab. Biovida
(67) 3521-9694
Rua Joao Carrato 208
Tres Lagoas, Mato Grosso do Sul
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Miguel R. de Azambuja-Me Lab. Sao Lucas
(67) 3521-3076
Rua Paranaiba 1214 - B
Tres Lagoas, Mato Grosso do Sul
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Celso Tabosa, Dr./Ultra-Sonografia Monte Líbano
(67) 3027-6137
r 7 Setembro, 1150 Centro
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
Ana Paula Lanza Paes-Pediatra Neonatologista
(67) 3327-0129
r Mar Antilhas, 19 Chácara Cachoeira
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Centro de Pediatria

Fornecido por: 

Inalar ou engolir um objeto estranho geralmente provoca asfixia em bebés e em crianças com mais de um ano de idade. Os sintomas são incapacidade de respirar ou chorar, tosse ineficaz e o rosto começa a ficar azul.

Prevenção: A idade de maior risco para as crianças asfixiarem até a morte é de 3 ou menos. As crianças nesta faixa etária têm uma tendência natural de explorar as coisas, com as suas bocas. Para reduzir o risco de acidentes, certifique-se que as crianças não entrem em contato com moedas, botões, balas pequenas, pipoca, uva, nozes ou sementes. Também evite que elas tenham contato com brinquedos que possuam peças pequenas.

Se uma criança é asfixiada busque imediatamente a emergência. Ligue para o 190 ou o sistema de emergência médica de sua cidade.  
Autor:
Fonte: Universidade de Iowa, Estados Unidos


Clique aqui para ler este artigo na SIS.Saúde

.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - Rua Cel. Corte Real, 75 - Bairro Petrópolis - 90630-080 Porto Alegre-RS
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: contato@sissaude.com.br. (51) 8575.3535