.
 

Centro de Hemodiálise/diálise Rondonópolis, Mato Grosso

Encontre centro de hemodiálise/diálise em Rondonópolis. Conheça os profissionais especializados desta área em sua região, aproveite e leia nossos artigos com tutoriais, dicas e informações relevantes sobre este assunto.

Angelita Akemi Nakamuta
(66) 3423-2429
Av. João Ponce de Arruda 1857
Rondonopolis, Mato Grosso
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Diogenes Garrio Carvaho
(66) 3426-5085
Papoulas 444 - Bl1 Casa 7
Rondonopolis, Mato Grosso
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Jose Soares de Souza
Av. Joao Ponce de Arruda 2186
Rondonopolis, Mato Grosso
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Maria Cristina de Carvalho
R.Arnaldo Matos 125 - Ed Mont Clair Ap 302
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Valdir Faria de Moraes
Av Rui Barbosa 2227
Rondonopolis, Mato Grosso
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Marlon Teixeira Campos
Av Marechal Dutra 1495
Rondonopolis, Mato Grosso
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Valdir Faria de Moraes
Av Rui Barbosa 2227
Rondonopolis, Mato Grosso
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Marco Aurelio Silva Ribeiro
(65) 3642-3570
Rua Bosque da Saude 208
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Marlon Teixeira Campos
Av Marechal Dutra 1495
Rondonopolis, Mato Grosso
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Femina Prestadora de Servicos Medicos Hospitalares
Rua Corumba 538
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Centro de Hemodiálise/diálise

Fornecido por: 

Redução da dor, alívio na sensação de peso nas pernas, menos remédios e maior resistência física são os primeiros sinais positivos comprovados pelos 90 pacientes que incluíram ao tratamento tradicional da diálise uma série de exercícios físicos de no mínimo 30 min. A nova terapia complementa o tratamento tradicional e foi iniciativa do Serviço de Fisioterapia, do Instituto de Educação e Pesquisa (IEP) e da Unidade de Diálise do Hospital Moinhos de Vento. Os pacientes com insuficiência renal crônica, são submetidos a um que programa de treinamento muscular periférico por meio de exercícios com carga, isométricos e alongamento. 

“Como a expectativa de vida está mais alta, há mais pessoas com problemas renais crônicos que precisam de diálise”, afirma o nefrologista Mauricio Lutzky. De acordo com ele, os pacientes costumam apresentar patologias associadas, entre as quais: diabetes, doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) e pressão alta, que comprometem a capacidade funcional. O perfil destes pacientes é na maioria do sexo masculino e com mais de 60 anos. “Os pacientes estão andando sozinhos e praticamente não apresentam mais dores e câimbras”, conta.   O Centro de Hemodiálise do Hospital conta com uma equipe de nefrologistas, psicólogos, nutricionistas e fisioterapeutas que atende a uma média de 1 mil pacientes/mês. As atividades físicas são orientadas por fisioterapeutas, e são realizadas durante a sessão de diálise principalmente para membros inferiores, abdômen e glúteos. Mais informações: 51. 3314 5206.
Autor: Renatha Morés
Fonte: fróes, berlato associadas


Clique aqui para ler este artigo na SIS.Saúde

.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - Rua Cel. Corte Real, 75 - Bairro Petrópolis - 90630-080 Porto Alegre-RS
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: contato@sissaude.com.br. (51) 8575.3535