.
 

Bancos de Leite Materno Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Esta página disponibiliza informações sobre a prevenção da dengue através da amamentação em bebês recém nascidos, os benefícios do leite materno e uma lista de empresas e profissionais especializados no assunto na cidade de Campo Grande. Encontre abaixo empresas

Andyane Freitas Tetila
(67) 0000-0000
Rua Mar das Antilhas 19
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
Especialidade
Infectologia

Dados Divulgados por
Yvone Maia Brustoloni
673-3261
R Marechal da Antilhas 19
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
Especialidade
Infectologia

Dados Divulgados por
Ana Lucia Lyrio de Oliveira
(67) 3324-4303
R Rui Barbosa 4273
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
Especialidade
Infectologia

Dados Divulgados por
Ricardo B Bomussa & Jose A Nasser Serv Med S/
(67) 3324-8226
R Rua Bahia 34
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
Especialidade
Pediatria

Dados Divulgados por
Lillian Regina Kumpel de Carvalho
(67) 3325-5543
Rua Amazonas 458
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
Especialidade
Pediatria

Dados Divulgados por
Yvone Maia Brustoloni
(67) 326-1638
R. Oceano Pacifico 124
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
Especialidade
Infectologia

Dados Divulgados por
Haydee Marina do Valle Pereira
(67) 3025-6341
Rua das Garças 100
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
Especialidade
Infectologia

Dados Divulgados por
Marta Izabel Bassaneze Bernardo
(67) 3383-3552
Av.Fernando Correa da Costa 1233
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
Especialidade
Pediatria

Dados Divulgados por
Leda Mara Chiaradia Gagliardi
(67) 3345-3145
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
Especialidade
Pediatria

Dados Divulgados por
Eduardo Victor Nachif
(67) 3384-4375
Rua Euclides da Cunha 7
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
Especialidade
Pediatria

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Amamentação protege bebês contra a Dengue

Fornecido por: 

     
 
Amamentar exclusivamente com leite materno até os seis meses de vida reduz significativamente o risco de o bebê contrair a doença

O verão está aí e com ele chega a preocupação com a Dengue. Mas como proteger um bebê tão inocente, desta doença tão perigosa? De acordo com a Clínica Interdisciplinar de Apoio à Amamentação responsável legal do site www.aleitamento.com, a amamentação exclusiva com leite materno até os seis meses de vida protege o bebê contra a transmissão do vírus se a criança for picada por mosquitos infectados.

Isto porque o leite materno é riquíssimo em anticorpos e na parte gordurosa possui um fator antidengue que age como uma ação farmacológica protegendo o bebê. Entretanto, a proteção depende da quantidade de mamadas e não há um número certo, visto que varia de criança para criança, ou seja, quanto mais tempo a criança tiver acesso ao leite materno, menores serão as suas chances de contrair Dengue.

Entretanto, o fato de muitas mulheres voltarem ao trabalho antes de seus filhos completarem seis meses de vida é uma das dificuldades em se manter este saudável processo pelo tempo recomendado. “Mas isso é possível, hoje existem bombas extratoras no mercado, semelhantes as encontradas nos bancos de leite dos hospitais, e que podem ser adquiridas para uso doméstico, as mesmas são recomendadas e seguras, mantendo a qualidade nutricional do leite materno, sendo ideal para este e outros momentos, em que a mamãe precisa se ausentar”, afirma Renata Fernandez Araújo, proprietária da Qualyleite, empresa que vende estes produtos.

Aqui vale ressaltar que a lactação não é necessariamente uma vacina contra a doença, todos os cuidados de higiene e as recomendações para se evitar a proliferação da Dengue devem ser mantidos. Isto porque há quatro variações do vírus. Mas caso uma mulher seja contaminada pelo mosquito, ela deve continuar a amamentação normalmente, isto porque a proteção contra infecções &eacu...

Clique aqui para ler este artigo em SIS Saude

.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - Rua Cel. Corte Real, 75 - Bairro Petrópolis - 90630-080 Porto Alegre-RS
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: contato@sissaude.com.br. (51) 8575.3535