.
 

Aprenda a lidar com o estresse no ambiente profissional Corumbá, Mato Grosso do Sul

Saiba como minimizar o estresse causado no trabalho. O autor recomenda dialogar com o chefe para identificar os excessos de tarefas ou cobranças. "Se a empresa considera você indispensável é interessante mostrar que você também nutre alguma satisfação trabalhando lá", diz o autor.

Clínica de Psicologia Mendes
(67) 9249-3434
r Eduardo Santos Pereira, 295, Centro
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
Consultório Particular
(67) 3341-1683
Rua Jeribá 325, sala 25 - Chácara Cahoeira
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
 
Clínica de Psicologia Andrea Lacet, Dra
(67) 3321-8077
r Rio Grande Sul, 1530, Jardim dos Estados
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
CIDAPP-Centro Integrado de Desenvolvimento e Pesquisa em Psicologia
(67) 3324-9599
r Sebastião Lima, 1143, Jardim Monte Líbano
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
Clínica de Psicologia Merege
(67) 3384-3907
r 25 de Dezembro, 476 s 4, Centro
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
Andrade, Denisval P
(67) 3324-4920
r Antônio Corrêa, 319 lt 10, Jardim Monte Líbano
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
Adauto Furlanetti
(67) 9264-4869
r Eduardo Santos Pereira, 295 1º Andar, Sala 2
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
Instituto CrerSer
67 3382 1750 3027 3565
Rua Pernambuco 1396, Monte Castelo
Campo Grande , Mato Grosso do Sul
 
Ismape - Apoio Psicológico e Educacional
(67) 3382-6748
r Arthur Jorge, 1048 Sl 2
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
Centro Psicológico de Controle do Stress
(67) 3383-0199
av dos Estados, 112, Jardim dos Estados
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Aprenda a lidar com o estresse no ambiente profissional

Fornecido por: 



24/11/2009

Estresse

Fale com seu chefe sobre o assunto e evite piorar sua saúde

Muitas pessoas têm medo de revelar seu estresse e podem suportar diversas pressões até chegarem ao ponto de um ataque de nervos. Entretanto, quanto mais cedo esse tipo de assunto for abordado, mais cedo é possível iniciar um tratamento e maiores as chances de uma recuperação e de uma adaptação para continuar trabalhando.

Mas quando chega o ponto de conversar com os chefes sobre o assunto, o trabalhador pode enfrentar um segundo obstáculo: o medo de uma reunião para tratar de um assunto tão sensível é particularmente difícil. O estigma sobre transtornos mentais pode atingir ambos os lados do encontro.

Quanto essa hora chegar, é necessário ter em mente algumas dicas:

- Se o chefe ou gerente parece ansioso ou relutante em entender as razões que o levaram à reunião, talvez você tenha que tomar as rédeas da reunião. É possível que ambos tenham medo de “dizer a coisa errada”. É necessário mostrar à chefia o valor de se tomar tal decisão e o quanto isso pode melhorar o trabalho posteriormente.

- Também é bom ter em mente se será necessário consultar o RH para as ações seguintes.

- É bom saber se a empresa tem uma política específica para o problema.

- Se o problema envolver a sua vida pessoal, você precisa saber o quanto está disposto a revelar as causas de seu estresse.

- Há algo que a chefia possa fazer para aliviar o estresse diário ligado ao trabalho, especificamente?

- Você vai querer que seus colegas saibam da situação que está ocorrendo? Decida quais são as pessoas que você deseja falar sobre o problema.

- Há alguma forma de falar sobre o assunto que seja mais fácil ou confortável para você? Um local neutro, fora do trabalho pode ser uma boa opção, mas há também a possibilidade de envolver seu advogado. Nada mais natural, afinal todos são profissionais, certo?

- A empresa vai querer saber seu progresso? Mostre que não há medo algum em mostrar tais dados. Se a empresa considera você indispensável é interessante mostrar que você também nutre alguma satisfação trabalhando lá e mostrar sua evolução pode tranquilizar ambos os lados.

- Se seu problema envolve outras pessoas no trabalho você vai abordar isso na reunião? Veja se é interessante consultar outras pessoas antes. Um exemplo disso é o bullying no ambiente de trabalho. Talvez alguns colegas precisem de tratamento tanto quanto você. Pode ser algo positivo que voc...

Clique aqui para ler este artigo na SIS.Saúde

.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - Rua Cel. Corte Real, 75 - Bairro Petrópolis - 90630-080 Porto Alegre-RS
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: contato@sissaude.com.br. (51) 8575.3535