.
 

Analise os riscos da bioplastia Aquiraz CE

Conheça os riscos do procedimento cirúrgico da bioplastia. Cláudia Pinho destaca que, o procedimento usado para preencher e modelar rosto e nádegas pode causar inflamação. Entenda sobre os efeitos do ácido hialurônico, do silicone líquido e do PMMA.

Sabele Unidade de Yoga
(273) 235-1614
r Natalina Daher Carneiro, 195, Jardim Da Penha
Vitória, Espírito Santo
 
Novos Rumos Participações e Empreendimentos Ltda
(133) 261-1428
av Saldanha da Gama,Alm, 177, Ponta da Praia
Santos, São Paulo
 
Ronaldo P Amaral
(51) 671-3617
av José Loureiro Silva, 935, cs c, Camaquã
Camaqua, Rio Grande do Sul
 
Leda V Fontoura
(55) 272-2516
r Cap Amorim, 39, Tupanciretã
Tupancireta, Rio Grande do Sul
 
Center Ball Escolinha de Futebol em Grama Sintética
(45) 223-8692
tv Barão do Rio Branco, 2543, Brasmadeira
Cascavel, Paraná
 
Karina G Santos
(71) 267-8600
r Almirante Marques de Leão, 553, Barra
Salvador, Bahia
 
Renathais Aparelho para Ginástica Residencial e Profissional
(45) 224-2521
r Paraná, 2838, São Cristóvão
Cascavel, Paraná
 
Vivid
(113) 047-3048
r Helena, 218, An 7 Cj 710, Itaim Bibi
São Paulo, São Paulo
 
Sport Center Indl
(313) 361-6493
av JC, 842
Contagem, Minas Gerais
 
Universidade de Yôga
(11) 5571-8818 Veja
r França Pinto, 176
São Paulo, São Paulo
 

Analise os riscos da bioplastia

Fornecido por: 



21/12/2009

Saiba mais sobre a bioplastia

Procedimento usado para preencher e modelar rosto e nádegas pode causar inflamação

O que talvez mais pese contra a bioplastia com PMMA é o fato de ela ser um procedimento permanente, isto é, uma vez que o material é introduzido no organismo, não pode ser retirado. Ao contrário das próteses de silicone, que podem ser removidas caso ocorra algum problema, este material é muito pequeno e endurece dentro do corpo – na maioria das vezes, se infiltra nos tecidos, nervos e músculos.

Além disso, como é um procedimento relativamente novo e não realizado por todos os médicos, muitos não sabem ao certo os seus efeitos a longo prazo e nem como reverter a técnica em casos de complicações. E apesar de os entusiastas da bioplastia garantirem que o material não migra para outras partes do organismo, há quem conteste isso.

A cirurgiã plástica Simone Rosa, membro titular da SBCP (Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica), fez o seu mestrado sobre as substâncias de preenchimento existentes no mercado e estudou os efeitos do ácido hialurônico, do silicone líquido e do PMMA. Em ratos, o PMMA migrou da orelha para os rins e o fígado.

Devido ao seu trabalho, muitas pessoas a procuram com o objetivo de retirar o PMMA do organismo. Já atendeu, inclusive, uma moça que retocou a ponta no nariz e apresentou uma reação tão intensa que teve o local necrosado. Isso acontece quando a substância entope algum vaso e impede a irrigação do sangue na região.

- Há pessoas que não apresentam reação, mas isso só é possível saber depois de aplicar o produto. É um risco que não vale a pena correr. 

Tentar retirar o PMMA pode ser mais traumático do que viver com os efeitos colaterais da bioplastia. A pianista Larissa Imperador, 36 anos, retocou o nariz e o queixo, em 2008. Na hora da aplicação sentiu uma pressão muito forte nos dentes. A médica garantiu que era efeito da anestesia. Um mês depois, com o queixo duro e sem conseguir sorrir, ela voltou ao consultório.

- Disse a ela que, ao sorrir, não conseguia mostrar meus dentes de baixo e que queria voltar ao que eu era antes. Ela então me perguntou para quê eu queria mostrar os dentes e disse que eu precisava fazer terapia. Ainda assim, aceitei a sugestão dela de retirar o produto com uma lipoaspiração. Foi horrível.

Seis meses depois, quando o queixo de Larissa finalmente desinchou, ela notou nódulos na região que pinçavam o músculo e lhe causavam muita dor, além de fibroses causadas pela cânula da lipo. Volt...

Clique aqui para ler este artigo na SIS.Saúde

.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - Rua Cel. Corte Real, 75 - Bairro Petrópolis - 90630-080 Porto Alegre-RS
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: contato@sissaude.com.br. (51) 8575.3535