.
 

Analisando o consumo de cerveja e o aumento abdominal Craíbas AL

Entenda as causas do inchaço da barriga. A naturóloga Mariana Reis Dias explica a relação da cerveja e dos petiscos com o acúmulo de gordura. Saiba também, como controlar o aumento da barriga.

Academia Celos
(82) 8849-8360
Av. Monte Castelo, N° 477 Vergel
Maceió, Alagoas
 
Academia Ativação
(82) 3032-1108
av Menino Marcelo, 7590 A
Maceió, Alagoas

Dados Divulgados por
Academia Feminina Nina rosa
(82) 3235-1874
r Valfrido Jerônimo rocha, 183 Jatiúca
Maceió, Alagoas

Dados Divulgados por
Academia Alfa
(82) 3241-3626
r Maj Vicente Sabino, 172 Farol
Maceió, Alagoas

Dados Divulgados por
Academia Cena
(82) 3241-1886
r roberto Simonsen, 435 Gruta de Lourdes
Maceió, Alagoas

Dados Divulgados por
Academia Aquatica
(82) 3231-8908
r Pref Abdon Arroxelas, 382 Ponta Verde
Maceió, Alagoas

Dados Divulgados por
Academia de Dança Maria Emília Clark
(82) 3336-8292
r Uruguai, 231 Jaraguá
Maceió, Alagoas

Dados Divulgados por
Athletic Way Com de Equip para Ginástica e Fisiot Ltda
(82) 3328-9607
av Fernandes Lima, 3700 lj B270 Gruta de Lourdes
Maceió, Alagoas

Dados Divulgados por
SS Frazão Com Ltda
(82) 3377-0303
av Júlio Marques Luz, 445 Jatiúca
Maceió, Alagoas

Dados Divulgados por
Suênia Personal Trainer
(82) 9664-0951
Sebastião Ribeiro Barbosa 88 sta Esmeralda
Arapiraca, Alagoas
 
Dados Divulgados por

Analisando o consumo de cerveja e o aumento abdominal

Fornecido por: 



15/12/2009

Cerveja pode ser culpada pela barriga?

A cerveja, ela é a mais calórica entre as bebidas alcoólicas

Chega o final de expediente do trabalho, você não vê a hora de se sentar com seus amigos à mesa de algum bar e poder tomar uma bebida, a exemplo da boa e velha cerveja. Ou então, no final de semana você aproveita para sair e badalar sempre com uma rodada de bebidas. Mas, depois de um tempo, você percebe que está ganhando algumas "gordurinhas" localizadas e a primeira a ser responsabilizada por isso é a cerveja. Quem já não escutou a expressão "barriguinha de chopp"?

Entretanto, de acordo com a naturóloga Mariana Reis Dias, especialista em nutrição do Otris Spa Urbano, a famosa barriga de cerveja não passa de mito. "Ela é, simplesmente, o local em que nosso organismo mais gosta de armazenar suas reservas. Os acompanhamentos e petiscos (geralmente frituras) associados à cerveja é que são os grandes vilões da famosa barriguinha de chopp. Não há aumento da massa muscular, e sim um inchaço corporal e acúmulo de gorduras localizadas devido aos excessos, tanto de cerveja como dos aperitivos que a acompanham", explica.

A naturóloga conta que, como tudo na vida, os excessos não são nada bons para se manter saudável e ter equilíbrio físico e mental. "Ter saúde é ter consciência dos próprios atos. As 'gordurinhas' extras nada mais são do que desobediência alimentar e estilo de vida sedentário. A dose é individual, assim como a consciência de cada um", diz.

Segundo Fabiana Schmidt, nutricionista da Clínica Agape, os líquidos em geral podem contribuir para o aumento de peso se a pessoa tiver tendência a edemaciar (acumular líquidos debaixo da pele - o famoso inchaço). "Mas, será um ganho de peso em água e não em gordura. O problema é que as pessoas não sabem identificar se estão edemaciadas ou não, e quando sobem na balança acham que ganharam gordura", explica.

Fabiana acrescenta que os líquidos são responsáveis pelo aumento do tamanho de estômago; contudo, as pessoas sentem menos fome por causa disso. "Quem bebe durante as refeições fica com o suco gástrico mais diluído, o que atrapalha na digestão. Seu corpo já está acostumado com isso e libera mais suco gástrico para 'compensar'. Como seu corpo sabe que você bebe algum líquido durante a refeição, ele 'relaxa' mais. Literalmente, o tamanho do estômago fica maior, já que neste espaço deve caber comida e líquido", d...

Clique aqui para ler este artigo na SIS.Saúde

.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - Rua Cel. Corte Real, 75 - Bairro Petrópolis - 90630-080 Porto Alegre-RS
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: contato@sissaude.com.br. (51) 8575.3535