.
 

Analisando o consumo de cerveja e o aumento abdominal Aldeias Altas MA

Entenda as causas do inchaço da barriga. A naturóloga Mariana Reis Dias explica a relação da cerveja e dos petiscos com o acúmulo de gordura. Saiba também, como controlar o aumento da barriga.

Escola de Natação Viva Água Ltda
(98) 3235-7356
r Gaivotas, s/n, Sn Qd 2 Lot 1, Jd Renascença
São Luís, Maranhão

Dados Divulgados por
M. M. Bacelar Sidonio
(98) 3222-5151
r Estrela, 370, A, Centro
São Luís, Maranhão

Dados Divulgados por
L de F Vieira
(98) 3083-1759
av Roberto Simonsen, 20, Sta Cruz
São Luís, Maranhão

Dados Divulgados por
Academia Corpo & Água
(99) 3521-0194
Avenida Senador Alexandre Costa, n° 2337
Caxias, Maranhão
 
M. S. P. Vale
(98) 3227-4196
r Azulões, 2, Qd 2, Jd Renascença
São Luís, Maranhão

Dados Divulgados por
AVALIACÃO FÍSICA
(98) 8135-2831
R-B QD-E TURU
SAO LUIS, Maranhão
 
Moving Academia Ltda
(98) 3226-0094
av Luís Rei de França,S, 412, Lj 24 Free Center, Cruzeiro do Anil
São Luís, Maranhão

Dados Divulgados por
CAZAR Fitness Prime - Estudio de Treinamento Personalizado
(98) 4141-1166
Av Daniel de La Touche, 3 sala 3
Sao Luis, Maranhão
 
C. M. Trajano
(98) 3231-8950
r Palma, 196, Lj 1, Centro
São Luís, Maranhão

Dados Divulgados por
CAZAR FITNESS
(98) 8857-3123
AV DANIEL DE LA TOUCHE
SAO LUIS, Maranhão
 
Dados Divulgados por

Analisando o consumo de cerveja e o aumento abdominal

Fornecido por: 



15/12/2009

Cerveja pode ser culpada pela barriga?

A cerveja, ela é a mais calórica entre as bebidas alcoólicas

Chega o final de expediente do trabalho, você não vê a hora de se sentar com seus amigos à mesa de algum bar e poder tomar uma bebida, a exemplo da boa e velha cerveja. Ou então, no final de semana você aproveita para sair e badalar sempre com uma rodada de bebidas. Mas, depois de um tempo, você percebe que está ganhando algumas "gordurinhas" localizadas e a primeira a ser responsabilizada por isso é a cerveja. Quem já não escutou a expressão "barriguinha de chopp"?

Entretanto, de acordo com a naturóloga Mariana Reis Dias, especialista em nutrição do Otris Spa Urbano, a famosa barriga de cerveja não passa de mito. "Ela é, simplesmente, o local em que nosso organismo mais gosta de armazenar suas reservas. Os acompanhamentos e petiscos (geralmente frituras) associados à cerveja é que são os grandes vilões da famosa barriguinha de chopp. Não há aumento da massa muscular, e sim um inchaço corporal e acúmulo de gorduras localizadas devido aos excessos, tanto de cerveja como dos aperitivos que a acompanham", explica.

A naturóloga conta que, como tudo na vida, os excessos não são nada bons para se manter saudável e ter equilíbrio físico e mental. "Ter saúde é ter consciência dos próprios atos. As 'gordurinhas' extras nada mais são do que desobediência alimentar e estilo de vida sedentário. A dose é individual, assim como a consciência de cada um", diz.

Segundo Fabiana Schmidt, nutricionista da Clínica Agape, os líquidos em geral podem contribuir para o aumento de peso se a pessoa tiver tendência a edemaciar (acumular líquidos debaixo da pele - o famoso inchaço). "Mas, será um ganho de peso em água e não em gordura. O problema é que as pessoas não sabem identificar se estão edemaciadas ou não, e quando sobem na balança acham que ganharam gordura", explica.

Fabiana acrescenta que os líquidos são responsáveis pelo aumento do tamanho de estômago; contudo, as pessoas sentem menos fome por causa disso. "Quem bebe durante as refeições fica com o suco gástrico mais diluído, o que atrapalha na digestão. Seu corpo já está acostumado com isso e libera mais suco gástrico para 'compensar'. Como seu corpo sabe que você bebe algum líquido durante a refeição, ele 'relaxa' mais. Literalmente, o tamanho do estômago fica maior, já que neste espaço deve caber comida e líquido", d...

Clique aqui para ler este artigo na SIS.Saúde

.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - Rua Cel. Corte Real, 75 - Bairro Petrópolis - 90630-080 Porto Alegre-RS
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: contato@sissaude.com.br. (51) 8575.3535